PESQUISA ESTE SITE

Total de visualizações de página

PESSOAS ONLINE



30 abril 2024

POLICIAL MILITAR FORNECEU ARMAS PARA ASSASSINATO DE ADVOGADA E CLIENTE NO RN, DIZ DELEGADO

REDAÇÃO ITAJÁ TV

O policial militar detido na manhã desta terça-feira (30) durante a operação que prendeu oito suspeitos de envolvimento na morte da advogada Brenda Oliveira, de 26 anos e de um cliente dela, Janielson Nunes de Lima, de 25 anos, em janeiro deste ano, integra um grupo de extermínio que atuou no duplo-homicídio e foi responsável pelo fornecimento das armas usadas no crime.

As informações foram divulgadas pelo delegado Márcio Lemos, diretor da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Ainda de acordo com o delegado, o crime foi motivado por vingança e articulado por familiares e vaqueiros amigos de João Victor Bento da Costa, de 19 anos, assassinado a tiros no dia 28 de janeiro, durante uma vaquejada no Parque Maria Salete, em Santo Antônio.

Janielson Nunes de Lima, cliente de Brenda, era investigado pela polícia como autor do assassinato do vaqueiro João Victor. A motivação deste primeiro assassinato é apurada em outra investigação que segue em sigilo, segundo a polícia.

"Os familiares se articularam junto com outros vaqueiros e membros de uma organização criminosa que age na região de São José de Mipibu para vingar a morte de João Victor. Hoje conseguimos esclarecer a autoria e toda articulação. Foram presas oito pessoas que estavam no cenário do crime. Os executores, quem planejou e quem forneceu o armamento. Infelizmente conseguimos constatar o que nós já estávamos mapeando há algum tempo, que é a participação de agente de segurança pública", afirmou o delegado.

"Nossa preocupação é que há um grupo de extermínio e as estatísticas apontam que atua naquela região ali, em rivalidade a uma facção local. Hoje conseguimos comprovar um vasto material, apreender mais de 20 armas longas fornecidas por esse agente de segurança pública", complementou.

De acordo com o delegado, ao saber da condução do suspeito à delegacia, os autores do crime se articularam e saíram de suas cidades - principalmente de São José de Mipibu - para irem até Santo Antônio. Eles passaram o dia à espera de uma oportunidade para matar Janielson.

"O grupo já estava articulado há muito tempo, fazendo várias mortes lá, já tinham fornecedor de armamento, já tinham os executores, então foi fácil se articularem para esse crime", diz o delegado.

O crime
Brenda e Janielson foram mortos logo após deixarem delegacia do município de Santo Antônio. O crime aconteceu em plena luz do dia, por volta das 15h30, a aproximadamente 600 metros da delegacia.

Janielson tinha sido detido pela Polícia Militar no município de Arez, e levado à delegacia para prestar depoimento. A advogada Brenda Oliveira foi contratada pela família do suspeito no mesmo dia e se dirigiu ao local para realizar a defesa dele.

O homem não ficou preso, porque não havia mais flagrante, e a Polícia Civil ainda não tinha um mandado de prisão contra ele. Na saída do local, a advogada deu uma carona para o cliente e acabou morrendo junto com ele, ao ter o carro interceptado por quatro criminosos divididos em duas motos.

Outras três pessoas da família ou ligadas a Janielson também estavam no veículo, mas sobreviveram ao atentado. Os presos também deverão responder por tentativa de homicídio delas.

G1 RN 

AMERICA-RN INSCREVE ÍDOLO SOUZA ANTES DO JOGO CONTRA O CORINTHIAS

REDAÇÃO ITAJÁ TV


Souza, hoje com 48 anos, receberá camisas personalizadas e uma placa das diretorias de América e Corinthians, em reconhecimento às histórias construídas nos dois clubes.


Além de ser um dos maiores ídolos da história do América, Souza foi presidente do clube entre 2021 e 2023.





Na história

Souza foi descoberto pelo América quando ainda tinha 15 anos. Em 1992, ele atuou contra o Corinthians nos dois duelos pela Copa do Brasil - o Timão venceu por 3 a 0 as duas partidas.


Em 1993, com 17 anos, Souza, então, foi "revelado" ao dar duas assistências no empate por 2 a 2 entre América e Flamengo, no antigo Machadão, também pela Copa do Brasil.


Foi negociado com o Rio Branco de Americana, de onde seguiu para o Corinthians, em 1994.





No Timão, foi campeão da Copa do Brasil em 1995. Na oportunidade, o Corinthians levantou o troféu após a vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre. A equipe paulista tinha em campo Ronaldo, André Santos, Célio Silva, Henrique e Sylvinho; Zé Elias, Bernardo, Marcelinho Carioca e Souza; Viola e Marques. As boas atuações à época levaram Souza à seleção brasileira.


Depois, o meia jogou por São Paulo, Athletico-PR (foi campeão brasileiro), Atlético-MG e Flamengo, até retornar ao América em 2006, sendo peça fundamental no acesso à Série A.


Em 2008, Souza estava em campo no último encontro entre América e Corinthians, pela Série B daquele ano. Ele faz o cruzamento que origina o primeiro gol do Alvirrubro, marcado pelo zagueiro Alves, contra. O América venceu por 2 a 0 no antigo Machadão.


O meia encerraria a carreira no América em 2009, sendo considerado um dos maiores ídolos da história do clube.







PETROBRAS E GOVERNO DO RN ASSINAM ACORDO PARA A INSTALAÇÃO DE PROJETO PILOTO DE GERAÇÃO DE ENERGIA EÓLICA EM ALTO MAR

REDAÇÃO ITAJÁ TV


 O governo do Rio Grande do Norte e a Petrobras assinaram nesta segunda-feira (29) um memorando de entendimento para instalação de um projeto piloto de usina de geração de energia eólica em alto mar.

Segundo o presidente da Petrobras, Jean-Paul Prates, a expectativa é de que a parceria favoreça a implantação do projeto, com investimento estimado entre R$ 2 milhões e R$ 3 milhões. O equipamento deve ser instalado até 2029

"Isso significa que a Petrobras vai começar, com os parceiros, como o instituto Senai de Inovação, e agora com o governo do estado, a estudar na prática o que é gerar energia eólica no mar. A ideia é a instalação de uma usina piloto com um aerogerador, provavelmente próximo ao porto de Areia Branca, mas ainda estamos analisando a locação", afirmou Prates.

"Ele (projeto) vai testar as relações desses empreendimentos futuros com as comunidades, com o meio ambiente. Vai ser um laboratório, um posto avançado da atividade de geração de energia eólica no mar no Brasil, mesmo antes mesmo da tramitação da lei", afirmou o presidente da companhia.

O gerente geral de renováveis da Petrobras, Daniel Faro, destacou que o memorando favorece a interação para ações entre os entes.

O memorando prevê atribuições para o governo do estado, como:

promover ações necessárias para viabilizar a identificação de possíveis oportunidades mapeadas pela Petrobras em relação ao projeto piloto de Eólica Offshore;
verificar alinhamento do projeto piloto de eólica offshore com programas e políticas estaduais
atuar como um agente facilitador, apoiando e dando celeridade aos processos necessários para estudos e pesquisa para o desenvolvimento e implantação de projeto piloto de Eólica Offshore.

A governadora Fátima Bezerra (PT) afirmou que o estado é o maior produtor de energia renovável em terra e pretende manter o protagonismo em relação à produção de energia renovável "offshore", ou seja, no mar.

"A parceria com a Petrobras assegura que teremos o primeiro projeto piloto para geração de energia no mar no Brasil”, disse.

Fátima ainda pontuou que o momento representa um novo ciclo de investimentos que irão gerar crescimento econômico com sustentabilidade.

“A expansão das energias renováveis é um caminho sem volta. Estamos bem inseridos neste processo e teremos um novo ciclo com a produção offshore e com o Porto Indústria Verde que irá apoiar este processo e, inclusive, a geração de hidrogênio verde”, pontuou.


DOIS PRESOS FOGEM DE PENITENCIÁRIA DE ALCAÇUZ NA GRANDE NATAL

REDAÇÃO ITAJÁ TV

Dois presos fugiram nesta terça-feira (30) da Penitenciária Estadual Rogério Coutinho Madruga, que fica no Complexo de Alcaçuz, em Nísia Floresta, na Grande Natal. A informação foi confirmada pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

De acordo com a pasta, as forças de segurança foram mobilizadas para recapturar os detentos, mas até a atualização mais recente desta reportagem eles seguiam foragidos.

Os fugitivos, segundo a Seap, são:

Gustavo da Rocha Dias, 30 anos; e
Ricardo Campelo da Silva, 43 anos.


A Seap informou ainda que os fugitivos são dois internos "qualificados para serviços", como são chamados os "presos de confiança".

Segundo o secretário de Administração Penitenciária (Seap), Helton Edi Xavir, os dois estavam trabalhando em uma obra no presídio atualmente.

"Esses detentos são trabalhadores há mais de dois anos. Não tinham o mesmo tratamento dos presos convencionais, haja vista que ajudavam na manutenção da unidade, nos serviços elétricos há mais de dois anos. A gente fica até surpreso com essa fuga", disse.

A Secretaria comunicou também que iniciou a apuração das circunstâncias da fuga, mas não informou como a fuga ocorreu e nem o horário. O secretário Helton Edi Xavier disse ainda não saber se a guarita que fica próxima de onde os presos fugiram tinha algum policial penal.

"Por onde eles fugiram a gente também ainda está analisando as imagens, mas a guarita daqui depende do efetivo. Tem dias que as guaritas estão habitadas e tem dias que não. Não sei dizer se estavam habitadas", disse.

Segundo a Seap, informações que possam levar a recaptura dos foragidos devem ser repassadas através do Disque Denúncia 181 ou pelo 190.

A fuga mais recente no complexo penitenciário de Alcaçuz havia ocorrido em julho de 2021, quando 12 presos escaparam do presídio.

Caminho da fuga
O comandante da Polícia Militar do RN, Coronel Alarico Azevedo, disse que os presos utilizaram uma bicicleta após fugirem da unidade prisional.

Uma moradora da região próxima à penitenciária, na comunidade de Alcaçuz, confirmou que teve uma bicicleta furtada na casa por volta das 12h. A bicicleta foi abandonada em uma área de mata.

A presidente do Sindicato dos Policiais Penais do RN, Vilma Batista, disse que no momento da fuga os presos estavam dentro da oficina. "O oficial foi fazer outro serviço e deixou eles dentro da oficina. Tinham todo o aparato", disse.

"Eles serraram o cadeado da cela, entraram na guarita, e serraram o cadeado da guarita. E já estavam fora da unidade. Conseguiram adentrar na vila [comunidade de Alcaçuz] e conseguiram uma bicicleta", completou.

ADVOGADA E CLIENTE FORAM ASSASSINADOS DENTRO DO PLANO DE VINGANÇA POR MORTE DE VAQUEIRO NO RN, DIZ POLÍCIA

REDAÇÃO ITAJÁ TV


As investigações sobre o duplo assassinato da advogada Brenda Oliveira, de 26 anos e de um cliente dela, Janielson Nunes de Lima, de 25 anos, em janeiro deste ano, apontaram que eles foram mortos dentro de um plano de vingança.

Oito pessoas foram presas nesta terça-feira (30) durante uma operação da Polícia Civil que investiga o crime. Entre os presos está um policial militar, que teve um arsenal com diversas armas ilegais encontrado em casa. O cabo estava no local de trabalho, no momento da prisão.

Segundo a polícia, o alvo principal dos autores do crime era Janielson, cliente de Brenda. Ele era investigado pela Polícia Civil como suspeito da morte do vaqueiro João Victor Bento da Costa, de 19 anos, assassinado a tiros na madrugada do dia 28 de janeiro, durante uma vaquejada no Parque Maria Salete, em Santo Antônio.

Ainda de acordo com as investigações, o assassinato de Janielson teria sido premeditado e executado por familiares e amigos de João Victor. Os autores do crime esperaram a saída do suspeito da delegacia, no dia 30 de janeiro, e o executaram a menos de 1 km da unidade policia.

Além de matar Janielson, porém, os criminosos também assassinaram a advogada Brenda Oliveira, que dava uma carona para ele. Outras três pessoas da família ou ligadas a Janielson também estavam no veículo e não morreram. Os presos também deverão responder por tentativa de homicídio delas.

O crime
Brenda e Janielson foram mortos a tiros dentro do carro da advogada, no dia 30 de janeiro, logo após deixarem delegacia do município de Santo Antônio. O crime aconteceu em plena luz do dia, por volta das 15h30, a aproximadamente 600 metros da delegacia.

Segundo a Polícia Civil, a Operação "Jus Puniendi", deflagrada nesta terça (30), tinha objetivo de cumprir 20 mandados de busca e apreensão e sete mandados de prisão nos municípios de São José de Mipibu, Espírito Santo e Goianinha.

A investigação é conduzida pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), com apoio da Diretoria de Inteligência da Polícia, através do Núcleo de Investigação Qualificada (NIQ), da 6ª Delegacia Regional de Nova Cruz e da 66ª Delegacia de Polícia de Santo Antônio.


Crime e investigação
Janielson, cliente de Brenda, era suspeito da morte do vaqueiro João Victor Bento da Costa, de 19 anos, assassinado a tiros no dia 28 de janeiro, durante uma vaquejada no Parque Maria Salete, em Santo Antônio.

Dois dias depois, Janielson foi detido em Arez e levado à delegacia para prestar depoimento. Ele e a advogada foram mortos logo após deixarem a unidade policial.

O duplo assassinato aconteceu no centro da cidade, cerca de 600 metros distante da delegacia de onde as vítimas haviam acabado de sair. Familiares de Janielson também estavam no veículo e não ficaram feridos.

POLÍCIA CIVIL PRENDE HOMEM POR RECEPTAÇÃO DE CELULAR ROUBADO EM AREIA BRANCA

REDAÇÃO ITAJÁ TV



A Policia Civil do Rio Grande do Norte por meio de sua 42° DP (Areia Branca/Porto do Mangue) prendeu nesta terça feira 30 de abril de 2024, um suspeito de vários roubos em Areia Branca.

Francisco Ewerson de Lima 33 anos conhecido por “Mucuim” estava sendo investigado juntamente com outros acusados de arrastões nas praias de Ponta do Mel e São Cristóvão e ainda na cidade de Porto do Mangue.

No momento da abordagem o mesmo estava de posse de um celular e um par de tênis que eram produtos dos roubos. O suspeito, que já e investigado por homicídio e porte ilegal de arma de fogo, disse ter comprado aparelho celular de outro elemento conhecido por David da redonda (não localizado).

O valor teria sido de 100 reias sendo que o preço de mercado do objeto é em torno 746,00 reais. Já o celular foi roubado em uma churrascaria na cidade de Carnaubais RN no último dia 04. O aparelho encontra-se apreendido nesta na delegacia de Polícia Civil daquela cidade.

O par de tênis marca Nike, foi roubado no dia 02 do corrente mês, de uma funcionaria da prefeitura de Porto do Mangue – RN, onde na ocasião também foram levados vários pertences e seu veiculo.

Depois de apresentado ao delegado e efetuados os procedimentos de praxe, na sede da 42ª DP. O autuado pagou fiança e foi liberado e ficará à disposição da justiça. Os demais comparsas, já identificados iram responder os crimes por portaria.

FIM DA LINHA 

QUATRO SUSPEITOS DO ASSASSINATO DE PERNAMBUCANO NAS MALVINAS, SÃO PRESOS EM OPERAÇÃO DA DHPP

REDAÇÃO ITAJÁ TV

Policiais civis da 10ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (10ª DHPP), deflagraram, nesta terça-feira (30), a “Operação Ruinam Atrio”, que resultou no cumprimento de quatro mandados de prisão preventiva e quatro de busca e apreensão decorrentes de uma investigação de homicídio.

A vítima foi o pernambucano Guilherme Evandro Silva, de 22 anos, assassinado a tiros no dia 29 de fevereiro de 2024, na Favela do Velho, no bairro Dom Jaime Câmara, em Mossoró. (Relembre o crime)

Durante a operação, quatro homens, que segundo a polícia civil, são integrantes de uma facção criminosa e participantes do Tribunal do Crime que atua na região, foram presos preventivamente.

Um deles também foi autuado em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas. Os presos são: Francisco Adriano da Silva, Erick Daniel Bezerra de Oliveira, Marcos Antônio Andrade de Oliveira e Camilo Romison Mendes de Oliveira. De acordo com a Polícia Civil, todos já possuem passagens pelo Sistema Prisional.

O Tribunal do Crime é apontado por ser responsável pelo cometimento de vários homicídios na região, uma vez que investigações apontam para essa prática corriqueira por parte da facção objetivando ceifar a vida de inimigos e de integrantes da própria facção que descumprem as regras.

Na residência de um dos alvos foi apreendida uma quantidade razoável de cocaína, bem como aproximadamente R$105,00 (cento e cinco reais), tendo ele sido autuado em flagrante delito pela prática do crime de tráfico de drogas.

A Operação “Ruinam Atrio”, que significa “O Colapso do Tribunal”, contou com o apoio das seguintes unidades: Divisão de Polícia Civil do Oeste (DIVIPOE), Delegacia Especializada em Furtos e Roubos de Mossoró (DEFUR), Delegacia Especializada em Narcóticos de Mossoró (DENARC) e Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações de Mossoró (DEFD).

Os presos serão encaminhados ao Sistema Prisional e permanecerão a disposição do Poder Judiciário. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

FIM DA LINHA 

HOMEM É MORTO A TIROS EM VIA PÚBLICA NO BAIRRO AEROPORTO II EM MOSSORÓ

REDAÇÃO ITAJÁ TV

O crime ocorreu por volta da 00h30min desta madrugada de terça feira 30 de abril de 2024, na Rua José Nilson Fernandes na localidade conhecida como Macarrão, no Bairro Aeroporto II em Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte.

A vítima, segundo a PM foi, Westony Santiago. O mesmo foi alvejado por disparos de arma de fogo em plena via pública e morreu no local. Até o momento não há informações sobre a dinâmica do crime.

A polícia ainda não tem informações sobre motivação e autoria do assassinato. A equipe do Itep foi ao local e após realizar o procedimento de perícia recolheu o corpo da vítima para exames necroscópicos no IML do órgão.

O delegado de plantão Caetano Balmanm com sua equipe acompanhou o trabalho pericial e deu início as investigações do crime. Mossoró já contabiliza 37 assassinatos na cidade em 2024. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vai dar continuidade as investigações.


FIM DA LINHA 

ACUSADO DE TENTAR MATAR DESAFETO EM 2019, É CONDENADO 11 ANOS DE PRISÃO EM JURÍ POPULAR

REDAÇÃO ITAJÁ TV

O Tribunal do Júri Popular da Comarca de Mossoró julgou nesta segunda feira, 29 de abril de 2024, André Victor Bezerra, de 22 anos, acusado de tentar matar Alef Muamed da Silva, crime ocorrido no dia 13 de novembro de 2019, no bairro Abolição IV em Mossoró.

Segundo a denúncia do Ministério Público, no dia do crime, a vítima estava na oficina mecânica do pai, quando André, acompanhado de um menor, chegou ao local já atirando contra a mesma. Alef foi atingido com um disparo no braço, mas conseguiu sair correndo do local e sobreviveu ao atentado.

Ainda segundo a MPRN, a motivação do crime não foi devidamente esclarecida. Após ouvir as teses levantadas em plenário, pela defesa e acusação, o conselho de sentença votou na sala secreta pela condenação de André Victor Bezerra.

O réu também foi considerado culpado de ter facilitado a corrupção de um adolescente que também participou da tentativa de homicídio. Com a decisão dos jurados, o juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros aplicou uma pena de 11 anos e 10 meses de prisão, no regime fechado.

Os trabalhos do TJP foram presididos pelo juiz, Vagnos Kelly de Figueiredo. A acusação ficou a cargo do promotor de justiça, Ítalo Moreira Martins representante do Ministério Público e a defesa do réu foi feita pelo defensor público Serjano Marcos Torquato Valle.

ITEP REALIZA PERÍCIA EM LOCAL DE MORTE POR AFOGAMENTO NA ZONA RURAL DE TENENTE ANANIAS ALTO OESTE POTIGUAR

REDAÇÃO ITAJÁ TV
Um jovem identificado como Paulo Neto morreu afogado nas águas de um açude, localizado no ” Sítio cabeça do boi” na zona rural de Tenente Ananias, cidade do Alto Oeste do Rio Grande do Norte. O caso aconteceu no último domingo 28 de abril de 2024.

Segundo informações da Polícia Militar, a vítima estava tomando banho juntamente com outras pessoas, quando se afogou. O jovem ainda chegou a ser resgatada por populares que estavam no local, mas infelizmente já estav sem vida.

A equipe do Instituto Técnico Científico de Perícia (ITEP), unidade de Pau dos Ferros, foi acionado, juntamente com a Polícia Civil para o local. Após a perícia o corpo de Paulo Neto foi recolhido e encaminhado para exames no IML do órgão. A Polícia Civil vai investigar o caso.

FIM DA LINHA 

MDB DE ITAJÁ ANUNCIA PRÉ- CANDIDATURA DO JOVEM TÁTÁ DO MARACAJÁ NA DISPUTA PELA CADEIRA DO LEGISLÁTIVO NAS ELEIÇÕES DE 2024

REDAÇÃO ITAJÁ TV

O MDB de Itajá, anunciou na tarde desta terça-feira (30) de abril de 2024, a pré-candidatura de Ivanilson Alisson, conhecido na cidade por ‘TATÁ’ do maracajá.

 

O nome de tatá tem sido cotado para ser mais uma opção entre a juventude e população do município, que conhece a sua pessoa.

 

Tatá é um jovem que ama a cultura e a arte, tatá é quadrilheiro, e sempre defendeu os ideais da juventude, o mesmo também foi eleito rei momo do carnaval de Itajá.

 

Jovem com uma ampla visão, e com um potencial que poderá ser mais um nome a somar, e que com seu conhecimento e novos rumos, poderá mudar o cenário do legislátivo municipal, na defesa pelos jovens na cultura.

 

E agora, seu nome está a disposição da população para que uma chance venha ser dada, na mudança por dias melhores.


POLÍCIA CIVIL PRENDE HOMEM INVESTIGADO POR EXECUTAR ADVOGADA E CLIENTE EM SANTO ANTÔNIO

REDAÇÃO ITAJÁ TV

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte prendeu o homem suspeito de executar a advogada Brenda Oliveira, de 26 anos, e seu cliente Janielson Nunes de Lima, de 25 anos, em Santo Antônio. A ação ocorreu dentro da operação “Jus Puniendi”, deflgrada na manhã desta terça-feira (30), que resultou no cumprimento de 20 mandados de busca e apreensão e sete mandados de prisão nos municípios de São José de Mipibu, Espírito Santo e Goianinha.

De acordo com a Polícia Civil, os mandados foram cumpridos contra suspeitos envolvidos nos assassinatos da advogada e de seu clientes. O crime ocorreu no dia 30 de janeiro deste ano, quando ambos foram executados dentro de um carro, no centro da cidade de Santo Antônio, no interior do Estado.

A ação da Polícia Civil do RN é fruto de um trabalho integrado da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Diretoria de Inteligência da PCRN, através do Núcleo de Investigação Qualificada (NIQ), da 6ª Delegacia Regional de Nova Cruz e da 66ª Delegacia de Polícia de Santo Antônio.

PETROBRAS: PRODUÇÃO DE PETRÓLEO E GÁS CRESCE 3,7% NO TRIMESTRE

REDAÇÃO ITAJÁ TV

A produção média de óleo, líquido de gás natural (LGN) e gás natural da Petrobras no primeiro trimestre deste ano ficou em 2.776 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed), com aumento de 3,7% em comparação com o resultado do mesmo período de 2023.

Segundo a empresa, a variação deve-se, principalmente, à evolução da produção dos FPSOs (navios plataforma que produzem, armazenam e transferem petróleo e gás), além da entrada em produção de 19 novos poços de projetos complementares, nas bacias de Campos (11) e nas de Santos (8).

Na comparação com o quarto trimestre de 2023, a produção caiu 5,4%, devido ao maior volume de perdas por paradas e manutenções, dentro do previsto no Plano Estratégico 2024-28, e ao declínio natural de campos maduros. Os efeitos foram parcialmente compensados pela maior contribuição dos navios plataforma Almirante Barroso (campo de Búzios) e P-71 (campo de Itapu), após atingirem o topo de produção no último trimestre de 2023, e pelos FPSOs Sepetiba (campo de Mero) e Anita Garibaldi (campos de Marlim, Voador e Espadim).  

A estatal iniciou, em 7 de março, o escoamento de entrega de gás pela Bacia de Santos. A jazida compartilhada de Búzios atingiu, naquele mês, a marca de 1 bilhão de barris de óleo produzidos. Atualmente, o campo opera com cinco plataformas: P-74, P-75, P-76, P-77 e Almirante Barroso. O horizonte do Plano Estratégico 2024-28 prevê a instalação de mais seis unidades no campo até 2027. 

No segmento de refino, transporte e comercialização, a produção total de derivados no primeiro trimestre foi de 1.753 milhões de barris produzidos por dia (mbpd), 6,1% acima da produção de igual período do ano passado. A participação de diesel, gasolina e querosene de aviação em relação à produção total foi de 67% no trimestre, em linha com o mesmo período no ano anterior.

A Petrobras ampliou a oferta de produtos mais sustentáveis no mercado nacional, iniciando em São Paulo a comercialização de diesel com conteúdo renovável (R5) na Refinaria Presidente Bernardes, que, assim como a Refinaria Presidente Getulio Vargas, já está apta a vender regularmente o combustível capaz de reduzir emissões de gases de efeito estufa.

Adicionalmente, a companhia estabeleceu parceria com a segunda maior distribuidora de asfalto do país para a venda do CAP Pro W, produto lançado no final do ano passado, estimulando o desenvolvimento do mercado de asfaltos mais sustentáveis. 

EX-FUGITIVOS DE MOSSORÓ VIRAM RÉUS POR ROUBO DE CELULARES DURANTE PERSEGUIÇÃO DA POLÍCIA

REDAÇÃO ITAJÁ TV

A Justiça Federal do Rio Grande do Norte aceitou a denúncia apresentada pelo Ministério Público contra Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento, os ex-fugitivos de Mossoró, por roubo. As investigações indicam que, após escaparem da Penitenciária Federal de Mossoró, os dois abordaram um casal, mantendo-os sob controle dentro de uma casa e roubando dois celulares.

Mendonça e Nascimento conseguiram fugir da prisão na madrugada de 14 de fevereiro. Em 4 de abril, foram localizados pela Polícia Federal e pela Polícia Rodoviária Federal na BR-222, em Morada Nova, Acre. Durante a fuga, percorreram 1.600 quilômetros, atravessando três estados.

Conforme a denúncia do MP, quatro dias após a fuga, surpreenderam o casal em uma casa na zona rural de Mossoró. Os dois se identificaram, alimentaram-se no local e obrigaram o casal a desbloquear os celulares para obter informações em redes sociais.

Os promotores afirmam que Mendonça e Nascimento também fizeram várias chamadas. Por volta da meia-noite de 16 de fevereiro, ao avistarem uma viatura, fugiram pelo mato.

Com informações de O Globo

JUÍZA MANDA PRENDER JORNALISTA PERNAMBUCANO POR POST CONTRA PROMOTOR

REDAÇÃO ITAJÁ TV

A juíza Andréa Calado, da 11ª Vara Criminal de Pernambuco, determinou a prisão do jornalista Ricardo Antunes por matérias contra o promotor Flávio Falcão, do Ministério Público estadual pernambucano. De férias na Espanha, Antunes se disse surpreso com a decisão e afirmou que não voltará ao Brasil até ter o recurso julgado.

“Eu estou impedido de voltar. Se voltar, vou ser preso no aeroporto de Guarulhos ou no de Pernambuco. Isso me lembra os piores anos da ditadura”, diz ele, que já publicou textos tendo outras figuras do Judiciário pernambucano, como desembargadores, como alvo. Recentemente, o jornalista escreveu reportagem que mostrava a intenção do Tribunal de Justiça de Pernambuco de fazer uma “calçada da fama” para juízes. Após a repercussão, a Corte voltou atrás na iniciativa.

Na decisão, a magistrada assinalou que Ricardo Antunes ofendeu Flávio Falcão por mais de uma vez e descumpriu decisão judicial, de 9 de abril, que determinou a retirada de todos os conteúdos com ofensas ou acusações contra o promotor. “Considerando que o acusado possui histórico de ofensas à lei penal, e, em liberdade, encontraria os mesmos estímulos relacionados com a infração cometida, cabe ao Judiciário determinar o recolhimento do agente evitando, assim, um sentimento de impunidade e de insegurança para a sociedade”, pontuou Andréa Calado.

A defesa de Ricardo Antunes alega que as publicações foram retiradas do ar no mesmo dia da decisão, mas que houve um “equívoco” por parte da equipe que cuida das redes sociais do jornalista, que deixou a chamada de artigos antigos dos stories no Instagram.

Neste sábado 28, o desembargador de plantão Evandro Magalhães Melo se declarou suspeito para julgar o pedido de habeas corpus protocolado pela defesa de Ricardo Antunes. Com isso, o processo será distribuído a outro juiz. Melo argumentou incapacidade de tomar uma decisão sobre o pedido por motivos de “foro íntimo”. Dessa forma, ele não precisa detalhar publicamente suas razões para declinar o caso.

Com informações do portal Metrópoles

MOTORISTAS DAS CATEGORIAS C, D E TEM ATÉ HOJE PARA FAZER EXAMES TOXICOLÓGICO

REDAÇÃO ITAJÁ TV

Condutores de veículos com Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias C, D e E com exame toxicológico pendente têm até esta terça-feira 30 para regularizar a situação e fazer o exame obrigatório. O prazo para o primeiro grupo de condutores das categorias C, D e E – com vencimento da CNH entre janeiro e junho deste ano – terminou em 31 de março. Após esta data, o Código de Trânsito Brasileiro concede mais 30 dias para que os motoristas realizem o exame e comprovem que não fizeram uso de drogas e/ou medicamentos estimulantes.

Desde março de 2016, o Código de Trânsito Brasileiro determina que os condutores das categorias C, D e E deverão comprovar resultado negativo em exame toxicológico para a obtenção e a renovação da habilitação. A obrigação vale também na pré-admissão e demissão de motoristas profissionais.

O objetivo é identificar o consumo de drogas, o que pode interferir na capacidade psicomotora dos condutores e, assim, aumentar o risco na direção de veículos pesados para a ocorrência de acidentes de trânsito.

O diretor da Associação Brasileira de Toxicologia (ABTox), Pedro Ducci Serafim, disse à Agência Brasil que a exigência salva vidas no trânsito.

“O exame toxicológico é uma política pública de eficácia comprovada na redução de acidentes e mortes no trânsito. Estudos mostram redução de mais de 30% em acidentes fatais depois da sua implementação”, observou.

Para a Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), mais de 3,4 milhões de condutores das categorias C, D e E ainda não regularizaram a situação em todo o Brasil. Para os condutores com CNHs que vencem entre julho e dezembro, as multas começam a ser aplicadas em 31 de maio.

Infração
O exame laboratorial é exigido até mesmo para quem não estiver dirigindo nestas categorias. Caso esses motoristas não façam o teste até esta terça-feira (30), podem ser multados diretamente pelos sistemas eletrônicos dos Detrans estaduais e do Distrito Federal  a partir de 1º de maio, conforme sanções previstas no artigo 165-D do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

A não realização do exame no período estabelecido é considerada infração gravíssima, sujeita a uma multa automática de R$ 1.467,35 e sete pontos na CNH.

Essas multas são apelidadas de multas de balcão porque estão associadas ao não cumprimento de uma obrigação administrativa, diferentemente das infrações cometidas na direção do veículo automotor.

Verificação
Os motoristas podem consultar se precisam ou não fazer o teste no portal de serviços da secretaria. Basta informar CPF, data de nascimento e data de validade da CNH nos espaços indicados para ter o detalhamento de prazos, vencimentos e alertas.

Outra forma de acesso às informações é o aplicativo da carteira digital de trânsito. Na área do condutor, o motorista também pode verificar se o exame toxicológico está em dia. No caso de o prazo ter vencido, o condutor deve buscar um dos laboratórios credenciados e fazer a coleta para a realização do exame toxicológico, em laboratórios especializados credenciados pela Senatran.

Camille Lages, diretora de Comunicação da ABTox, celebrou a disponibilização da página para consulta. “Essa ferramenta que o governo trouxe é muito importante para que os motoristas consultem se estão adimplentes com o exame toxicológico porque muitos deles não têm a carteira de habilitação digital baixada no celular e precisam dessa ferramenta para poder cumprir a obrigação até 30 de abril,” esclarece.

Não é necessária receita médica para fazer o exame, apenas a habilitação do condutor (CNH).

Exame Toxicológico
O exame toxicológico deve ser realizado pelos motoristas no momento da renovação da CNH nas categorias C, D ou E a cada dois anos e meio pelos condutores profissionais. Deve ser realizado independentemente da idade do condutor. Os motoristas com mais de 70 anos não precisam renovar o teste toxicológico antes do vencimento da CNH, que tem validade de três anos.

O teste laboratorial de amostras de cabelo, pele ou unha identifica se houve uso abusivo de substâncias psicoativas em um período de 90 a 180 dias anteriores à coleta (larga janela de detecção). Isto porque a queratina presente nos cabelos preserva as substâncias que foram consumidas e metabolizadas por mais tempo que o sangue e a urina, por exemplo.

O exame toxicológico não existe no modelo autoteste, portanto, é vedada a coleta da própria amostra para análise. O procedimento tem que ser feito por um laboratório, exclusivamente, em postos de coleta para garantir a segurança dos resultados. A coleta rápida -aproximadamente de 10 a 15 minutos – é classificada pelos laboratórios como não invasiva, não infectante e indolor.

Atualmente, são 17 laboratórios credenciados na Senatran, que formam a rede de coleta com mais de 13 mil unidades espalhadas em mais de cinco mil municípios em todo o país. O exame pode detectar pelo menos 12 substâncias: Acetilmorfina (heroína); Anfepramona; Anfetamina; cocaína e derivados (crack, merla); Codeína; Femproporex; Mazindol; MDA; MDMA; Metanfetamina; Morfina; e maconha e derivados (skunk, haxixe).

O preço médio do exame toxicológico é R$ 135 e pode variar conforme a região do país. Os exames exigidos pela Senatran, em geral, são  custeados pelos motoristas autônomos, mas podem ser bancados por empregadores.

Os laboratórios credenciados devem inserir o resultado no banco de dados do Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renash) para controle dos órgãos de trânsito. No entanto, os laudos são sigilosos e entregues somente aos examinados. Portanto, não podem ser divulgados, por exemplo, ao empregador do motorista profissional.

Categorias da CNH
Os motoristas da categoria C dirigem veículos maiores como caminhões, caminhonetes e vans de carga, além dos carros, picapes e vans de carga. A categoria D da CNH permite a condução de veículos automotores e elétricos, destinados ao transporte coletivo de passageiros com mais de oito lugares, como vans, micro-ônibus e ônibus.

Na categoria E, habilitados podem dirigir ônibus articulados; caminhões tracionando carretas; veículos com trailers e demais modelos de veículos automotores.


COM INFORMAÇÕES AGORA RN 

JUSTIÇA SENDO FEITA: TSE MULTA LULA EM R$ 250 MIL POR PROPAGANDA NEGATIVA CONTRA BOLSONARO

REDAÇÃO ITAJÁ TV

Por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) multou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e a campanha dele por divulgação e impulsionamento na internet de propaganda eleitoral negativa contra Jair Bolsonaro (PL), durante campanha eleitoral de 2022. A multa é de R$ 250 mil.

No vídeo publicado no YouTube, Bolsonaro é chamado de “incompetente”, “mentiroso” e “desumano”. O material ainda continha declarações de Bolsonaro sobre a criação de empregos, corrupção e a pandemia de Covid-19.

A Coligação Pelo Bem do Brasil, formada pelo Partido Liberal, Republicanos e Progressistas, afirmava que o material, que teria alcançado mais de 13 milhões de pessoas, não tinha enaltecimento a Lula ou não apresentava propostas de governo.

“Ao contrário, a reprovável peça impulsionada apresenta, com exclusividade, graves ataques à candidatura adversária”, destacou.

A relatora Cármen Lúcia entendeu que o vídeo, por meio de impulsionamento, veiculou conteúdo negativo, divulgando mensagem que, independente de sua veracidade ou não, certamente não é benéfica a Bolsonaro.

“Nesse contexto, presente a incompatibilidade entre o meio utilizado, qual seja, impulsionamento do divulgado, com a finalidade legalmente permitida – ‘apenas para o fim de promover ou beneficiar candidatos ou suas agremiações’ – está comprovada a plausibilidade do direito alegado”, destacou.

COM INFORMAÇÕES METRÓPOLES

BANCO DEVE PAGAR R$ 18 MIL A FUNCIONÁRIA QUE FOI CHAMADA DE ''PERIGUETE'' EM NATAL

REDAÇÃO ITAJÁ TV

A Primeira Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) condenou, por unanimidade, o Banco Safra S.A. a pagar uma indenização por danos morais, no valor de R$ R$18.428,18, a uma ex-gerente por comentários depreciativos sobre a forma dela de se vestir.

No recurso ao TRT-RN, contra decisão da 1ª Vara de Natal (RN), que negou o dano moral a ex-gerente, ela alegou que sua superiora imediata a menosprezava, que constantemente questionava sua vestimenta com linguagem pejorativa aos trajes utilizados, minando sua honra e dignidade.

Mais especificamente, a chefe afirmava que ela se vestia de forma vulgar, chegando a comparar, de acordo com uma das testemunhas da trabalhadora ouvidas na ação, suas vestimentas com as de uma “periguete”.  

Com base nas provas testemunhais, de ambas as partes, o desembargador Ricardo Luís Espíndola Borges, relator no processo no TRT-RN, entendeu que não ficou comprovada “a repetição de exposição da autora a situações constrangedoras mediante comentários depreciativos sobre seu vestuário”, não configurando assédio moral.

Ele explicou que o assédio moral caracteriza-se por uma conduta repetitiva e prolongada, que expõe o trabalhador a situações humilhantes e constrangedoras, capaz de causar ofensa à personalidade, à dignidade ou à integridade psíquica.

No entanto, embora as provas não evidenciem a prática de assédio moral, “ficou demonstrada a ofensa à honra e imagem da autora (do processo), caracterizada por comentário depreciativo vulgarizando seu vestuário no ambiente de trabalho, sendo devida a condenação ao pagamento de indenização”.

O valor da indenização de R$18.428,18 corresponde ao último salário recebido pela autora.

O processo está registrado sob o número 0000505-75.2023.5.21.0001.


COM INFORMAÇÕES AGORA RN 

PM NÃO ACEITA TÉRMINO DO RELACIONAMENTO E TENTA SE MATAR EM ACADEMIA DE NATAL

REDAÇÃO ITAJÁ TV

No domingo, em mais um ato de perseguição e intimidação, o homem foi até a academia em que a vítima estava treinando com amigos. Na ocasião, ele portava uma arma de fogo de propriedade particular. Por medo, a vítima não aceitou conversar com o agressor, em seguida, o suspeito efetuou um disparo de arma de fogo contra si mesmo na região do peito. 

De imediato, após tomar conhecimento dos crimes cometidos pelo suspeito, policiais civis da equipe de plantão da DPAGV foram até o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, onde ele estava sendo atendido, oportunidade em que foi preso em flagrante. 

O detido passou por cirurgia e encontra-se estável, uma vez que o projétil de arma de fogo não atingiu nenhuma área vital. A arma de fogo utilizada pelo agressor foi apreendida.

COM INFORMAÇÕES AGORA RN 

POLÍCIA DIZ QUE SUSPEITO DE MATAR PSICÓLOGA QUERIA USÁ-LA COMO 'PONTE' PARA REATAR COM EX-NAMORADA

REDAÇÃO ITAJÁ TV

Principal suspeito do assassinato da psicóloga Fabiana Fernandes Maia Veras, de 42 anos, o servidor da Justiça João Batista Carvalho Neto queria usar a amizade da profissional com a ex-namorada dele para tentar reatar o relacionamento, segundo a Polícia Civil.

A versão foi apresentada no início da tarde desta segunda-feira (29) pelo delegado de Assú, Valério Kürten, após ouvir o depoimento da ex-namorada do suspeito. A mulher é agente da Polícia Civil.

Fabiana foi encontrada morta com cortes de arma branca, na última terça-feira (23), dentro de casa, na cidade de Assú, no Oeste potiguar. No mesmo local, ela mantinha um consultório psicológico. No dia seguinte, o suspeito foi preso em Natal.


Segundo a polícia, o homem é o mesmo que aparece em imagens gravadas pelas câmeras de segurança na casa da vítima menos de duas horas antes do horário em que ela foi achada morta. Ele estava de máscara, óculos, luvas, encapuzado e com uma sacola nas mãos.

Depoimento
De acordo com o delegado, no depoimento, a ex-namorada de João Batista afirmou que manteve o relacionamento com ele por aproximadamente dois anos, entre 2020 a 2022, e rompeu o namoro no início de 2022.

Ainda de acordo com o delegado, a ex-namorada afirmou que, no período em que manteve o relacionamento, o suspeito demonstrava ser uma pessoa frustrada por não ter conseguido passar em concursos para juiz, e achava que ganhava pouco dinheiro.

Além disso, o homem não teria o hábito de sair para lugares diferentes e mantinha um círculo de amizades restrito, mais voltado à namorada e aos amigos dela.

No depoimento, a mulher também afirmou à polícia que já está em outro relacionamento, porém João Batista teria tentado entrar em contato com ela, em janeiro deste ano, por meio de Fabiana, que era amiga dela.

O homem teria entrado em contato com Fabiana dizendo que queria mandar um buquê de flores para a ex-namorada.

"A polícia não acredita em um relacionamento amoroso entre João e Fabiana. E sim que ele queria uma ponte com Fabiana para tentar que ela aconselhasse a [nome da namorada suprimido] a reatar o relacionamento. Só que já faz dois anos, ela está em outro relacionamento. O motivo é banal, mas, até então, o que foi levantado é isso", afirmou o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, o suspeito queria acessar o celular da vítima, para saber se ela aconselhava a ex-namorada a não reatar o relacionamento com ele.

Investigação
A delegacia responsável pela investigação deverá solicitar à Justiça, nesta terça-feira (30), a extração dos dados do celular de João Batista, para tentar descobrir se ele havia marcado ou se chegou de surpresa à casa da psicóloga, em Assú, a 240 km de Natal.

A polícia também apurou que uma arma de fogo encontrada entre os objetos do suspeito tinha sido comprada por ele há cerca de 10 dias de forma ilegal.

Defesa quer aguardar laudos psiquiátricos
Procurado pelo g1 nesta segunda-feira (29), o advogado André Dantas, que representa João Batista, não quis dar entrevista, mas afirmou que vai aguardar a análise de médicos e a emissão laudos psiquiátricos para definir a linha de defesa do servidor público.

O advogado ainda afirmou que ele e a família do suspeito se compadecem "com a tragédia humana ocorrida no fato".

G1RN