PESQUISA ESTE SITE

Total de visualizações de página

PESSOAS ONLINE



22 março 2022

COMUNICADO DA AGÊNCIA DOS CORREIOS EM ITAJÁ


 

A agência dos correios no município de Itajá/RN, vem a público informar a todos, que tem produtos a receber, que procure a unidade, que está localizada na rua Francisco de Assis Lopes, no Bairro São Manoel.

 

Informa ainda que o carteiro, encontra-se de férias e voltará nas próximas semanas a realizar o serviço de entregas de produtos nas residências dos clientes.

 

AGRADECEMOS A TODOS PELA COMPREESÃO



MULHER É ESTUPRADA POR 3 HOMENS E ENTERRADA VIVA EM QUINTAL DE CASA ABANDONADA


 

A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio da delegacia de Teófilo Otoni, investiga a autoria de um crime bárbaro, que chocou a população dos vales do Jequitinhonha e Mucuri.

Joana Darc, mãe de quatro filhos, estava desaparecida desde 11 de março. A família fez campanha pela sua localização nas redes sociais durante cinco dias, até seu corpo ser encontrado, na terça-feira (15/3), enterrado no quintal de um imóvel abandonado, em Medina.

O exame de necropsia, feito pelo legista Arquimedes Rangel, do Instituto Médico-Legal de Pedra Azul, no Vale do Jequitinhonha, concluiu que Joana Darc morreu por asfixia, e que ela foi enterrada viva, depois de ser torturada, com socos e chutes. O laudo não apontou lesões como ferimentos de faca ou bala de revólver.

Quando foi encontrado, o corpo apresentava sinais de estar sepultado há mais de 72 horas. O estado de decomposição dificultou os exames iniciais da equipe do IML. Foram necessários outros exames para concluir a causa da morte como “asfixia por soterramento”, segundo informou a Polícia Civil.

Caso abalou a região

Em vídeo divulgado pela Polícia Militar de Minas Gerais, o aspirante Danilo da Silva Guedes, da Polícia Militar de Medina, disse que recebeu, em 15 de março, denúncia de que havia um corpo enterrado em uma casa abandonada, na Rua Olegário Maciel, no Centro de Medina.

“Esse corpo seria de uma mulher desaparecida desde o dia 11 de março. Durante as diligências, as equipes constataram que três autores teriam saído de um estabelecimento denominado Pagodinho, próximo a essa casa abandonada”, disse o aspirante.

Um dos acusados pelo assassinato de Joana Darc tem 21 anos e foi preso no mesmo dia em que o corpo foi encontrado. Os outros dois, de 17 e 20 anos, continuam foragidos. Segundo o aspirante Danilo, o homem preso disse que seus colegas teriam mantido relação sexual com consentimento da vítima.

O aspirante disse ainda que, após o ato sexual, um dos homens teria determinado a morte de Joana Darc. “Essa pessoa, nesse instante, teria efetuado dois golpes de faca contra a vítima e se retirado do local, e ordenado que o menor de idade terminasse de matar a vítima, e enterrasse o corpo no quintal daquela residência”.

O fato curioso na fala do homem preso, é que ele afirmou que a vítima levou dois golpes de faca, e, segundo o Aspirante Danilo, quando o corpo foi encontrado, a perícia não constatou esses ferimentos. Nem depois de um exame criterioso foram encontrados esses ferimentos.

As polícias Civil e Militar pedem aos moradores de Medina que, caso tenham alguma informação relevante para localizar os outros dois homens que participaram do assassinato de Joana Darc, façam a denúncia por meio dos telefone 181, 190, ou (33) 3753-1110.

 

Fonte: Correio Braziliense



MINISTRO DA EDUCAÇÃO NEGA PRIORIZAR VERBA A PASTORES E ENVOLVIMENTO DE BOLSONARO: ''PRESIDENTE NÃO PEDIU ATENDIMENTO A NINGUÉM''


 

Pressionado pela bancada evangélica, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, emitiu uma nota oficial nesta terça-feira (22/3) para tentar esclarecer as acusações de que favorece indicados por pastores em agendas e direcionamento de dinheiro da pasta. Em áudio, ele aponta que o apoio prerencial seria consequência de um pedido direto do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL).

“A alocação de recursos federais ocorre seguindo a legislação orçamentária, bem como os critérios técnicos do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE)”, escreveu Ribeiro.

O texto assinala ainda que “não há possibilidade” de o ministro ser responsável pela alocação de recursos para favorecer entes federativos. “Registro ainda que o presidente da República não pediu atendimento preferencial a ninguém, solicitou apenas que pudesse receber todos que nos procurassem, inclusive as pessoas citadas na reportagem.”

“Independente de minha formação religiosa, que é de conhecimento de todos, reafirmo meu compromisso com a laicidade do Estado, compromisso esse firmado por ocasião do meu discurso de posse à frente do Ministério da Educação. Ressalto que não há qualquer hipótese e nenhuma previsão orçamentária que possibilite a alocação de recursos para igrejas de qualquer denominação religiosa”, destaca Milton Ribeiro.

Confira a nota:

Diferentemente do que foi veiculado, a alocação de recursos federais ocorre seguindo a legislação orçamentária, bem como os critérios técnicos do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Não há nenhuma possibilidade de o ministro determinar alocação de recursos para favorecer ou desfavorecer qualquer município ou estado.

Registro ainda que o Presidente da República não pediu atendimento preferencial a ninguém, solicitou apenas que pudesse receber todos que nos procurassem, inclusive as pessoas citadas na reportagem. Da mesma forma, recebo pleitos intermediados por parlamentares, governadores, prefeitos, universidades, associações públicas e privadas. Todos os pedidos são encaminhados para avaliação das respectivas áreas técnicas, de acordo com legislação e baseada nos princípios da legalidade e impessoalidade.

Desde fevereiro de 2021, foram atendidos in loco 1.837 municípios em todas as regiões do País, em reuniões eminentemente técnicas organizadas por parlamentares e gestores locais, registradas na agenda pública do Ministério, estabelecendo relação direta entre o MEC e os entes federados. Os atendimentos técnicos, conduzidos por servidores da autarquia, permitem esclarecimento dos procedimentos para planejamento e acesso aos recursos disponibilizados via FNDE, por meio do Plano de Ações Articuladas (PAR 4).

Seguindo os princípios de transparência, integridade e governança, obedecendo orientação dos Órgãos de Controle Federais (CGU e TCU), esta gestão apresentou o Painel de Investimentos, buscando o aperfeiçoamento da gestão dos recursos públicos, pois muitos prefeitos ainda desconhecem sua carteira de projetos e quais recursos estão disponíveis em suas contas. O Painel está disponível a qualquer cidadão que deseja acompanhar os recursos de seu município.

Independente de minha formação religiosa, que é de conhecimento de todos, reafirmo meu compromisso com a laicidade do Estado, compromisso esse firmado por ocasião do meu discurso de posse à frente do Ministério da Educação. Ressalto que não há qualquer hipótese e nenhuma previsão orçamentária que possibilite a alocação de recursos para igrejas de qualquer denominação religiosa.

Por fim, reafirmo o meu compromisso republicano de exercer as atribuições desta Pasta em prol do Interesse Público e do futuro da Educação do Brasil.

 

Milton Ribeiro



SARGENTO DA PM PASSA MAL E MORRE DURANTE PROTESTO EM FRENTE A GOVERNADORIA DO RN


 

Um sargento da Polícia Militar de 47 anos, identificado como Luciel de Lima Rodrigues, morreu no início da tarde desta terça-feira (22) durante um protesto em frente à Governadoria, no Centro Administrativo, em Natal. O agente era da ativa e tinha histórico de pressão alta.

Segundo testemunhas, o sargento passou mal durante a manifestação e caiu em frente à Governadoria. O policial foi atendido por equipes do Samu, mas não resistiu.

Segundo o Governo do Estado, Luciel foi incorporado à Polícia Militar do Rio Grande do Norte em 28 de junho de 1999, era 3º sargento lotado no 14º Batalhão de Polícia Militar, no município de João Câmara.

Desde a manhã desta terça, policiais fazem um protesto em frente ao Centro Administrativo para cobrar melhorias salariais. A categoria, que tem os menores salários da segurança pública, cobra uma equiparação com a Polícia Civil e demais forças.

Em nota, o Governo do Estado lamentou a morte do policial. “Aos familiares e amigos nossa solidariedade e sinceros sentimentos”, afirma o texto.

PORTAL 98 FM 



DEPUTADA DO RN VAI AO MP CONTRA MILTON RIBEIRO E BOLSONARO APÓS AÚDIO APONTAR MINISTRO NEGOCIANDO VERBAS COM PASTORES


 

A deputada federal Natália Bonavides (PT-RN) protocolou uma ação no Ministério Público Federal (MPF) nesta terça-feira (22) para que o ministro da Educação, Milton Ribeiro, e o presidente Jair Bolsonaro (PL) sejam investigados por supostamente privilegiar amigos pastores na distribuição de recursos do Ministério da Educação (MEC).

“É absurdo que Bolsonaro use o Ministério da Educação para privilegiar seus amigos. Milton Ribeiro admitiu isso no áudio e essa negociação de verbas é criminosa. Enquanto isso, a educação e a pesquisa sofrem com cortes de recursos. Denunciamos no MPF e que seja investigado já”, pontuou Bonavides.

A denúncia tem base em um áudio divulgado nesta terça pelo jornal Folha de S. Paulo. A gravação teria sido feita durante uma reunião do ministro da Educação com prefeitos.

Na conversa, Milton Ribeiro destaca que, quanto a pedidos de liberação de verbas, o governo prioriza prefeituras que tiveram em seu favor a intervenção de dois pastores que atuam no esquema informal de obtenção de recursos do MEC.

Na denúncia feita pela parlamentar, é destacado que há fortes sinais de cometimento dos crimes de improbidade administrativa, tráfico de influência, advocacia administrativa e prevaricação junto ao Ministério da Educação, o que envolve, além do ministro da Educação, a atuação do próprio presidente da República.

Questionados, MEC, FNDE e a Presidência não responderam às solicitações da Folha.

 

IGREJA UNIVERSAL USA JORNAL PARA DIZER QUE, SE VENCER, LULA VAI IMPLANTAR ''DITADURA COMUNISTA'' NO BRASIL


A Igreja Universal do Reino de Deus do bispo Edir Macedo tem feito ataques ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao PT através de textos publicados em seu jornal.

Artigos que circulam na versão impressa e online do veículo dizem que o petista “quer uma ditadura comunista para o Brasil a partir de 2023” e é contra valores cristãos.

No formato de editoriais, alguns textos são assinados pelo advogado Denis Farias e outros são apócrifos. No artigo “Qual é o (real) desejo de Lula para o Brasil?” o jornal adota um tom conspiratório dizendo estar alertando os leitores para o risco da instauração do comunismo caso o PT vença as eleições.

Segundo a publicação, as narrativas da esquerda política são contra o cristianismo e os valores conservadores.

“Os partidos de viés esquerdista iludem as pessoas com promessas de que vão ajudar a população “dando” (porque nada é de graça) benefícios sociais, entretanto, na realidade, o que eles oferecem no médio prazo é a extinção da liberdade individual e o enriquecimento de suas elites. A esquerda política inveja e quer instalar este regime em nosso País. Fique atento”, diz o texto da Folha Universal.

A igreja de Macedo é apoiadora do presidente Jair Bolsonaro (PL). Em artigo publicado no dia 16 de fevereiro, o jornal associa Lula e o PT à perseguição contra cristãos.

O texto apresenta um levantamento de uma organização cristã internacional chamada “Portas Abertas” que mapeia a perseguição religiosa no mundo e destaca que Cuba aparece na lista ocupando a 37ª colocação.

O artigo então enfatiza que Lula era “abertamente amigo de Fidel Castro, um conhecido ditador cubano” e que “declarou apoio à ditadura de Cuba”.

“Desse modo, o Comunismo e o Cristianismo não se misturam. A história mostra que, tradicionalmente, quando um governo ditatorial comunista entra em cena, os cristãos são perseguidos”, conclui o texto.

Em um editorial intitulado “Sem máscara e com as garras de fora” Denis Farias diz que a ideologia dos partidos de esquerda, como o PT, PCdoB, PSB, PV e Rede não tem nada a ver com distribuição de renda e igualdade social. “Eles almejam o controle das pessoas por meio do Estado, de uma esquerda com viés de ditadura que escravize o povo em troca de assistencialismo”, afirma o advogado.

Ele diz não acreditar nas pesquisas que mostram o pré-candidato do PT na liderança das intenções de voto e finaliza o texto com ataques ao ex-presidente: “Lula tornou-se o símbolo da corrupção e da degradação da família cristã e a sociedade não aceita mais a sua volta ao poder”.

 

PORTAL 98