PESQUISA ESTE SITE

Total de visualizações de página

PESSOAS ONLINE



09 maio 2023

PT usa Zé Gotinha para pedir dinheiro e novos filiados

REPORTAGEM

O PT usou o Zé Gotinha para pedir dinheiro à legenda, nesta terça-feira, 9. “Já perceberam que o Zé Gotinha voltou com tudo e tá em todas?”, interpelou o partido, no Twitter. “Pois agora ele tá (sic) passando aqui pra (sic) te lembrar que é importante contribuir com o partido que defende a saúde pública universal e fortalece o SUS.” Depois da repercussão do caso, a sigla apagou o post.


Não é a primeira vez que o personagem de incentivo à vacinação é usado pelo governo Lula para fins políticos. Na semana passada, o ex-presidente Jair Bolsonaro foi atacado nas redes sociais. O PT pôs o Zé Gotinha em cima de um avião, com uma indireta à suposta adulteração do cartão de vacina de Bolsonaro e seus aliados.

Também a Secretaria de Comunicação (Secom) tem sido usada como ferramenta política pelo PT. O Executivo passou a “checar” conteúdos supostamente falsos sobre o governo. Nas redes sociais, o órgão foi equiparado ao Ministério da Verdade, da distopia 1984, de George Orwell, à época em que foi lançado.

“A sociedade civil, os influenciadores digitais, os partidos políticos, os movimentos sociais e tantos outros ‘sujeitos’ têm um protagonismo importante e insubstituível nesse processo”, observou o ministro da Secom, Paulo Pimenta. “Compreender isso e ativar essa ‘força’ organizada é fundamental para a defesa da democracia.”

Revista oeste 

Exportações de carne bovina despencam no governo Lula

REPORTAGEM

As exportações de carne bovina despencaram no primeiro quadrimestre de 2023, que marca o início do governo Lula. A Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) divulgou os dados nesta terça-feira, 9. Neste ano, o país enfrentou a suspensão de parte dos embarques, em razão de um caso de vaca louca descoberto na Região Norte. 

Os dados da Abrafrigo mostram que houve queda do volume, da receita e do preço médio por tonelada de carne bovina exportada nos quatro primeiros meses do governo Lula. Durante o período, o Brasil faturou pouco menos de US$3 bilhões com os embarques. Ao todo, as cargas somaram 640 mil toneladas. Assim, o preço médio foi de US$ 4,50 por quilograma (kg).

Um ano antes, o faturamento com as vendas ao mercado externo fechou em praticamente US$ 4 bilhões. A carga embarcada foi de 729 mil toneladas — por volta de US$ 5,50 por kg. Ou seja: as quedas de um período para o outro chegaram a 28%, 12% e 18%, respectivamente.

Exportações de carne bovina, China e o governo Lula
Neste ano, o Brasil enfrentou problemas com seu maior cliente para proteína bovina, a China. Um caso de vaca louca em uma fazenda no Pará, registrado em 22 de fevereiro, paralisou os embarques do setor para o gigante asiático.

Em razão de um acordo com os chineses, os brasileiros são obrigados a suspender as exportações para o gigante asiático sempre que um caso da doença for descoberto no Brasil. A retomada depende do aval das autoridades da China.

A grande preocupação por traz do acordo é conter a forma clássica da doença — transmissível e fatal. O caso paraense, entretanto, tratou-se de uma versão atípica, que não se transmite e surge de forma espontânea no animal, similar ao desenvolvimento do Alzheimer nos seres humanos.

A Organização Mundial de Saúde Animal deu o assunto como encerrado em 6 de abril, quando atestou tratar-se de um caso atípico da doença. Ainda assim, os chineses autorizaram a retomada das exportações apenas em 23 de março, quando Carlos Fávaro, ministro da Agricultura do governo Lula, esteve em sua primeira missão oficial na China.

Revista Oeste 

Assessor de Moraes no TSE é preso em São Paulo

REPORTAGEM

Eduardo de Oliveira Tagliaferro, assessor do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foi preso na noite de segunda-feira 8 em Caieiras, na região Metropolitana de São Paulo. Segundo a polícia, ele é suspeito de violência doméstica.

De acordo com o boletim de ocorrência, o assessor do TSE chegou em sua casa alterado e ameaçou a mulher e os filhos. Durante a discussão, ele foi até o quarto do casal e efetuou um disparo com arma de fogo.

À polícia, a vítima, casada com Tagliaferro há 21 anos, relatou que correu em direção à garagem com as filhas em busca de proteção. Ela solicitou medidas protetivas de urgência ao Poder Judiciário. A polícia apreendeu a arma usada, assim como as munições. Foi requisitado perícia no local e exame residuográfico para o indiciado.

O caso foi registrado como violência doméstica, disparo de arma de fogo e ameaça pela Delegacia de Caieiras. O autor permanece preso à disposição da Justiça. Ele passa por audiência de custódia na manhã de hoje.

Assessor é exonerado
Eduardo Tagliaferro era chefe da Assessoria Especial de Enfrentamento à Desinformação, vinculada ao gabinete do presidente do TSE, ministro Alexandre de Moraes.

Ele tinha sido nomeado em agosto de 2022 como assessor do TSE. Conforme a Corte, Tagliaferro foi exonerado nesta terça, 9, horas depois da prisão. Em nota, o Tribunal Superior Eleitoral informou que o assessor foi exonerado “devido sua prisão em flagrante por violência doméstica e aguardará a rigorosa apuração dos fatos.”


Revista Oeste 

Viagem de Lula à China custou R$ 6,6 milhões aos pagadores de impostos

REPORTAGEM

O governo brasileiro gastou R$ 6,6 milhões para bancar a viagem de Luiz Inácio Lula da Silva e de sua comitiva à China e aos Emirados Árabes Unidos, entre 12 e 15 de abril.

Só de hospedagem a comitiva brasileira torrou R$ 3,2 milhões. Para transportar os convidados de Lula foram gastos R$ 1,3 milhão com o aluguel de carros. Para contratar os intérpretes, o governo federal pagou cerca de R$ 500 mil. Os gastos da viagem do presidente foram divulgados pelo site Poder360 e foram obtidos via de Lei de Acesso à Informação. Os valores não incluem o translado aéreo. Os voos foram bancados pela Força Aérea Brasileira.

As despesas foram maiores na China, onde houve desembolso de R$ 5,4 milhões. No último dia de compromissos no país de Xi Jinping, o governo realizou um coquetel na embaixada brasileira que custou R$ 130 mil. Nos Emirados Árabes, os gastos totais foram de R$ 1,2 milhão.

Os desembolsos financeiros não se referem somente ao presidente. Incluem também as 73 pessoas, ao menos, que o acompanharam na viagem. A média de custo para cada acompanhante de Lula foi de R$ 90 mil.

Nomes que integraram a comitiva incluem o ministro Fernando Haddad, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e um dos líderes do Movimento Sem Terra, João Pedro Stédile. Sindicalistas também acompanharam a comitiva.

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, os números se referem ao que foi apurado até 5 de maio, ou seja, os gastos podem ser maiores.

As viagens de Lula

Desde que assumiu a Presidência, Lula já viajou a oito países. O último compromisso do petista foi uma viagem a Londres, onde acompanhou a posse do rei Charles III.

No final de abril, Lula também levou uma comitiva, que foi destaque na imprensa internacional pelo tamanho, a Portugal e à Espanha. Na ocasião, o presidente ficou seis dias na Europa.

Ao todo, Lula passou 19 dias fora do país. Na agenda do petista, ainda há a previsão de outras viagens para este ano, sem confirmação oficial. Os países que Lula deve visitar são Japão (19 de maio), Argentina (julho), África do Sul (agosto), Índia (setembro), Estados Unidos (setembro) e Emirados Árabes (dezembro).


Revista oeste 

Morre Rita Lee, ícone do rock brasileiro

REPORTAGEM

A cantora Rita Lee, um dos grandes nomes da MPB e do rock brasileiro, morreu na noite de segunda-feira 8, em sua casa, São Paulo. Ela sofria de um câncer no pulmão. Tinha 75 anos e foi diagnosticada com a doença em 2021.

O corpo da cantora será velado no Planetário do Parque do Ibirapuera, também na capital paulista, a partir desta quarta-feira, 10, das 10h às 17h. O velório será aberto ao público. O corpo dela será cremado — o que era um desejo dela.

Rita Lee deixa o marido, Roberto Carvalho, e três filhos: Beto Lee, Antônio e João.

Em uma de suas últimas postagens no Instagram, a cantora publicou uma imagem das unhas pintadas durante o carnaval. “Em clima de folia”, escreveu na legenda.

Rita Lee foi um dos maiores ícones da música popular brasileira. Nasceu no bairro de Vila Mariana, em São Paulo, no último dia de 1947. Ao lado de Arnaldo Baptista e Sérgio Dias, fundou em 1966 a banda psicodélica Os Mutantes, que revolucionou o rock nacional. No ano seguinte a banda acompanhou Gilberto Gil no III Festival de Música Popular Brasileira da (
TV Record
) na apresentação da canção “Domingo no parque”. Passou a ser aceita pela elite da
MPB
e foi convidada a participar do disco Tropicália.
Depois dos Mutantes, Rita iniciou um período solo. Mas uma de suas fases mais lembradas foi quando participou da banda Tutti-Frutti, com a qual lançou dois álbuns clássicos da história do rock brasileiro: Atrás do Porto tem uma Cidade (1974) e Fruto Proibido (1975).

A terceira fase da sua carreira começou em 1976, quando se casou com o também músico Roberto de Carvalho, com quem produziu e gravou seus maiores sucessos, como Lança Perfume, Baila Comigo, Ovelha Negra, Mania de Você, Flagra e Doce Vampiro. Em 2000 ainda teve a carreira renovada com uma fase ligada à bossa nova, em um de seus discos só com versões de músicas dos Beatles.

Em 2016 lançou Rita Lee: uma Autobiografia. O livro é tão sincero e tão honesto nas suas revelações que foi considerado, em tom de piada a “primeira autobiografia não autorizada”. Nele, Rita conta os detalhes de sua carreira e seu envolvimento com a causa dos direitos animais. E revela ressentimentos, especialmente com seus antigos companheiros dos Mutantes.

Sua vida pode ser resumida poeticamente neste trecho de “Ovelha Negra”:

“Levava uma vida sossegada
Gostava de sombra e água fresca
Meu Deus quanto tempo eu passei
Sem saber
Foi quando meu pai me disse filha
Você é a ovelha negra da família
Agora é hora de você assumir
E sumir“

Revista Oeste 

Em nova sessão tumultuada, Dino diz a senadores que é um dos Vingadores da Marvel

REPORTAGEM

A presença do ministro da Justiça, Flávio Dino, na Comissão de Segurança Pública do Senado foi marcada por uma discussão entre ele e os senadores Marcos do Val (Podemos-ES) e Eliziane Gama (PSD-MA).

“Se o senhor quiser podemos fazer um debate, mas não precisa ir em frente ao Ministério da Justiça. Se o senhor é da Swat, eu sou dos Vingadores”, disse Dino em resposta ao questionamento de Do Val.

O senador do Podemos havia dito que acessou um relatório da Abin que detalhava as manifestações do 8 de janeiro. Em seguida, Do Val apresentou um vídeo que mostrava Dino explicando como agiu para conter os vândalos do dia 8.

A gravação, segundo Do Val, comprovada as inúmeras contradições de Dino sobre suas ações no dia 8. “Tenho muitos documento que comprovam a presença de Dino na Praça dos Três Poderes. Vou apresentar na CPMI”, disse Do Val. “Espero que o senhor seja preso.”

Enquanto o senador fazia sua pergunta, Dino conversava com o presidente da comissão, Sérgio Petecão (PSD-AC). Do Val então pediu respeito por parte do ministro.

Em seguida, a senadora Eliziane disse que Do Val também desrespeitou Dino e que o senador “fala coisa com coisa”. Do Val rebateu a colega de Parlamento dizendo que ela estava o chamando de “louco”.


Fonte: Revista oeste