PESQUISA ESTE SITE

Total de visualizações de página

PESSOAS ONLINE



08 outubro 2022

Viatura de fiscalização da STTU é destruída por incêndio em Natal




Por: ISMAEL JEFFERSON Uma viatura da Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) foi destruída por um incêndio na noite de sexta-feira (7). O caso aconteceu em frente à sede da secretaria, no bairro da Ribeira, Zona Leste de Natal.

Na manhã deste sábado (8), a pasta não respondeu a questionamento se havia suspeita de incêndio criminoso, mas, em nota, lamentou o ocorrido e pediu rigor na investigação que será realizada pela Polícia Civil.

O carro destruído pelas chamas era um modelo Renaut Duster Oroch, usado como viatura de fiscalização de trânsito.
O incêndio aconteceu por volta das 23h30. Os vigilantes do prédio da STTU perceberam que a viatura estacionada em frente ao prédio estava pegando fogo e acionaram o Corpo de Bombeiros, que chegou cerca de 10 minutos depois. Ninguém ficou ferido.

De acordo com servidores, era comum as viaturas ficarem estacionadas em frente ao prédio, na Ribeira. Agora, no entanto, a orientação é guardar os veículos no centro de treinamento de trânsito da pasta, no conjunto Cidade Satélite.


G1

Operação 'Tolerância Zero' fiscaliza presos do regime semiaberto com tornozeleira eletrônica em Parnamirim




Por: ISMAEL JEFFERSON Uma operação conjunta da Secretaria da Administração Penitenciária (SEAP) e da Guarda Municipal de Parnamirim, na Grande Natal, fiscalizou detentos do regime semiaberto que cumprem pena com o uso de tornozeleira eletrônica na cidade, na noite desta sexta-feira (7).

A operação "Tolerância Zero” contou com participação de 115 operadores das forças de segurança, que fiscalizaram alvos em vários bairros do município.

“Intensificamos as Operações Tolerância Zero no Estado. Desta vez, realizamos antecedendo o grande evento que é Festa do Boi”, disse o secretário de Administração Penitenciária, Pedro Florêncio. De acordo com a pasta, existem 285 detentos com tornozeleira no município.

Com uso de tablets e de software de rastreamento, as equipes localizam detentos e fizeram fiscalizações em relação às decisões judiciais. Alguns alvos foram abordados na rua e dentro de transporte público, mas a maioria das fiscalizações ocorreu nos endereços fornecidos à Justiça.

Um detento não estava em casa no momento da fiscalização, embora o sinal da tornozeleira estivesse ativo no imóvel. A ruptura do equipamento será informada à Justiça.
Em caso de violação do sistema de monitoramento eletrônico, segundo a Seap, o condenado é preso e encaminhado a uma unidade prisional. Ele poderá regredir do regime de cumprimento da pena para o sistema fechado. Após cada fiscalização, a SEAP confecciona um relatório informando detalhes da ação para o juiz responsável pela execução penal.

Segundo a Seap, o Rio Grande do Norte tem 3.074 tornozeleiras ativas e fiscalizadas pela Central de Monitoramento Eletrônico.

G1

UBS é assaltada e prefeitura determina fechamento de unidades mais cedo na Grande Natal





Por: ISMAEL JEFFERSON Bandidos fizeram um arrastão na manhã desta sexta-feira (7) na Unidade Básica de Saúde (UBS) João Dias da Costa, em Nova Parnamirim, na Grande Natal. Por conta do crime, a prefeitura de Parnamirim determinou o fechamento mais cedo de todas as UBS do município.

Segundo a prefeitura, a secretaria de saúde formalizou um pedido para que todas as unidades básicas fechassem as portas às 12h - duas horas antes do expediente normal, que vai até 14h.

A prefeitura alegou que o pedido para o fechamento antecipado se deu pelo crime na UBS João Dias da Costa e pela situação de insegurança atual na Grande Natal.


O crime aconteceu por volta das 9h30. De acordo com a Polícia Militar, os criminosos invadiram a UBS João Dias da Costa, anunciaram o assalto e roubaram pertences de pacientes e funcionários.

Nenhum equipamento ou material da própria unidade foi levado. Em seguida, os criminosos fugiram.

O crime será investigado pela Polícia Civil.

G1

Na educação, Governadora Fátima Bezerra, reconhece situação da falta de climatização da escola JK em Assú, e ainda menciona, que escolas de demais cidades serão reformadas




Por: ISMAEL JEFFERSON A Governadora Eleita Fátima Bezerra do (PT), falou sobre as ações na educação, uma delas, a reforma de escolas estaduais nas cidades de São Rafael, Pendênçias, e Assú,
A professora fátima, ainda mencionou sobre os problema, na falta de  climatização da Escola Estadual Juscelino Kubtchek, escola na cidade de Assú que tem sido destaque na imprensa, pelo apelo dos alunos que enfrentam o tamanho calor.


Veja o Vídeo:


Homem que matou próprio irmão, respondia Lei Maria da Penha por agredir mãe e avó




Por: ISMAEL JEFFERSON O psicólogo Wagner Garcia Soares, de 26 anos, que matou o próprio irmão, na noite desta sexta-feira 7, na Praia do Meio, em Natal, respondia pela Lei Maria da Penha por violência contra a mãe e avó.

Ele foi preso em flagrante por policiais militares da Cavalaria minutos após ter cometido o crime. O suspeito relatou na Central de Flagrantes que existia uma rixa entre ele e Leandro Garcia Soares, seu irmão e vítima, e que no início da noite, Leandro foi ao encontro dele armado com um punhal.

O psicólogo disse em depoimento que foi ferido durante luta corporal e que conseguiu tomar a arma do irmão e atingi-lo de maneira fatal. O crime foi presenciado por diversas pessoas que estavam na frente de um hotel, localizado na avenida Café Filho. O suspeito foi rendido por policiais militares e conduzido à delegacia.

Já Leandro, atingido por 19 cutiladas, sobretudo nos braços, no pescoço e na cabeça, conforme apuração do g1 RN, foi atendido por equipe do SAMU, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com o Portal BO, a Polícia Civil apurou detalhes sobre a vida pregressa de Wagner Soares e descobriu que ele responde criminalmente pela Lei Maria da Penha, por agressão contra a própria mãe e a avó. Ele deverá agora responder por homicídio. O inquérito transcorrerá na DHPP.


AGORA RN 

Polícia Civil cumpre mandados de prisão contra suspeitos de estupros de vulneráveis no Alto Oeste Potiguar




Por: ISMAEL JEFFERSON A Polícia Civil do Rio Grande do Norte, através da 78ª Delegacia de Marcelino Vieira, na região do Alto Oeste Potiguar, deu cumprimento, nesta sexta feira 7 de outubro de 2022, dois mandados de prisão preventiva, expedidos pela Vara Única daquela cidade, contra dois homens suspeitos de envolvimento em crimes de estupro de vulnerável, contra menor de 14 anos.

O primeiro a ser preso foi Francisco Gomes da Silva, mais conhecido como Chico Gomes”, 59 anos. Ele foi localizado em um sítio, na zona rural de Tenente Ananias.  O segundo foi Francisco Iranildo Sarmento Silva, mais conhecido como Careca”, 56 anos. Ele, foi preso na Mata do Julião, zona rural de Tenente Ananias.

No decorrer das diligências, foi encontrada, em sua posse, uma espingarda de cartucho, calibre 36. Por isso, Francisco Iranildo foi também autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. Após o cumprimento dos mandados de prisão, os policiais conduziram os alvos para o presídio de pau dos Ferros, onde permanecerão à disposição da justiça.


Fonte: Fim da linha 

Após ação do MPRN, o governo fica obrigado a divulgar índices de violência e criminalidade mensalmente no estado




Por: ISMAEL JEFFERSON O Governo do Estado terá que divulgar os indicadores de violência e criminalidade no Rio Grande do Norte. A medida foi determinada pela Justiça em sentença que atendeu o pedido do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN). Agora, a gestão estadual terá o prazo máximo de 90 dias para que a ordem judicial seja cumprida.

Pela decisão, a divulgação dos dados deve ser feita na internet com periodicidade, pelo menos, mensal. O pedido do MPRN foi feito em uma ação civil pública (ACP) de autoria da 19ª Promotoria de Justiça, encarregada do controle externo da atividade policial. No processo foi argumentado que a Lei Estadual nº 10.721, que dispõe sobre a divulgação dos indicadores de violência e criminalidade no âmbito do Estado, não estava sendo obedecida.

Durante a instrução de procedimento administrativo, a unidade ministerial realizou diversas diligências e audiências com o intuito de dar eficácia à lei mencionada. Apesar dos esforços empreendidos e do compromisso assumido pelo Estado, de disponibilizar os dados em 5 de fevereiro de 2021, até o momento do ajuizamento da demanda, tais dados não haviam sido divulgados.

É dever dos órgãos e entidades públicas promover, independentemente de requerimentos, a divulgação em local de fácil acesso, no âmbito de suas competências, de informações de interesse coletivo ou geral por eles produzidas ou custodiadas.


Fim da linha