PESQUISA ESTE SITE

Total de visualizações de página

PESSOAS ONLINE



10 fevereiro 2023

Polícia Civil recupera objeto roubado em Mossoró

 


Policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) de Mossoró devolveram, nesta quinta-feira (09), ao seu proprietário, uma TV de 43 polegadas, roubada em Mossoró.

O crime foi praticado em uma residência, localizada no bairro Costa e Silva, no mês de janeiro deste. Na ocasião, os suspeitos invadiram o local e utilizaram, em sua fuga, um veículo modelo Mobi, da marca Fiat, na cor prata, no qual o possuidor foi identificado e indiciado posteriormente pela Polícia Civil.

A televisão foi recuperada no decorrer de outra investigação, sobre um aparelho celular furtado. Os dois objetos foram encontrados na posse de um segundo suspeito, preso por furto e roubo, e encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181. 

FIM DA LINHA 



Homem com mandado de prisão em aberto por descumprir determinação da justiça é preso pela Patrulha Maria da Penha no Bairro Barrocas


 Agentes da Patrulha Maria da Penha da Guarda Civil de Mossoró,prenderam na noite desta quinta feira 09 de fevereiro de 2023,um homem que estava com mandado de prisão em aberto, por descumprir uma determinação da justiça.

Francisco Augusto Medeiros da Silva, 45 anos foi preso no Bairro Barrocas e conduzido à Delegacia de Plantão da Polícia Civil. Ele tem condenação de 4 anos e 11 meses de prisão em regime fechado, mas estava em liberadade monitorada por tornozeleira eletrônica.

De acordo com os agentes, o apenado descumpriu algumas regras do sistema de monitoramento e ainda desobedeceu uma determinação da justiça, que proibia o mesmo de aproximar da sua ex-companheira que tem medida protetiva a seu favor. Francisco Augusto responde ao menos cinco processos na justiça por violência doméstica, baseados nos seguintes artigos:

Art. 150  (Entrar ou permanecer, clandestina ou astuciosamente, ou contra a vontade expressa ou tácita de quem de direito, em casa alheia ou em suas dependências: Pena – detenção, de um a três meses, ou multa). Artigo 24-A (Descumprir decisão judicial que defere medidas protetivas de urgência previstas nesta Lei. Pena – detenção, de 3 (três) meses a 2 (dois) anos);


Art. 158 (Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, e com o intuito de obter para si ou para outrem indevida vantagem econômica, a fazer, tolerar que se faça ou deixar de fazer alguma coisa: Pena – reclusão, de quatro a dez anos, e multa); Art. 147 – Ameaçar alguém, por palavra, escrito ou gesto, ou qualquer outro meio simbólico, de causar-lhe mal injusto e grave: Pena – detenção, de um a seis meses, ou multa.


FONTE: FIM DA LINHA 


MPRN deflagra operação para investigar a prática de golpes contra idosos em Upanema na região oeste Potiguar



 O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou nesta sexta-feira 10 de fevereiro de 2023, a “operação Trapaça” com objetivo de apurar o cometimento de golpes tendo como vítimas idosos da cidade de Upanema, na região Oeste potiguar. Uma mulher é suspeita dos crimes.

A operação Trapaça contou com o apoio da Polícia Militar. A ação cumpriu mandado de busca e apreensão na casa da investigada, situada na zona rural de Upanema. Ao todo, um promotor de Justiça, cinco servidores do MPRN e oito policiais militares participaram da ação.

Segundo já apurado pelo MPRN, a mulher é suspeita de se apropriar e desviar os rendimentos de uma idosa da cidade, crime previsto no Estatuto do Idoso; e também de estelionato, crime que consta no Código Penal. Para o primeiro crime, a pena é de reclusão de 1 a 4 anos e multa. No segundo caso, se condenada, a mulher poderá ter pena de reclusão de 1 a 5 anos, mais o pagamento de multa.

O material apreendido pelo MPRN será analisado. Além desse caso, o MPRN apura se outros idosos foram vítimas da golpista investigada. Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão, foi apreendida uma arma de fogo que estava em poder do marido da suspeita. Ele foi preso em flagrante e levado para a Delegacia de Polícia Civil da cidade.

FIM DA LINH A 

Foragido da justiça com dois mandados de prisão em abertos é capturado pela Polícia Penal em Mossoró


 O Grupo de Escolta Penal (GEP) da Polícia Penal, cumpriu nesta quinta feira 09 de fevereiro de 2023, dois mandados de prisão expedidos pela justiça, contra Clenilson de Oliveira Silva, o “Nego Xuxa” de 35 anos.

Ele foi preso no Conjunto Teimosos, região do Dom Jaime Câmara e de acordo com a Polícia Penal, não reagiu a prisão. “Nego Xuxa” como é mais conhecido, estava com dois mandados de prisão em abertos, sendo um por descumprimento à medida protetiva em favor de sua ex-esposa (artigo 24-A) e outro por tráfico de drogas (artigo 33).

Após ser preso o foragido foi encaminhado de volta à Penitenciária Agrícola Mário Negócio, onde permanecerá a disposição da justiça. Clenilson é o terceiro apenado que tem prisão decretada pela justiça esta semana, por descumprimento das regras impostas pelo judiciário.

FIM DA LINHA