PESQUISA ESTE SITE

Total de visualizações de página

PESSOAS ONLINE



15 março 2023

Urgente: Câmara Municipal de Caicó é alvejada a tiros




Elementos armados dispararam pelo menos cinco vezes contra o prédio da Câmara Municipal de Caicó. O crime ocorreu por volta das 21h30min dessa quarta feira. As ruas da cidades estão patrulhadas por homens da BPAmb, CIPRV, Rádio Patrulha, Cavalaria, GTO e militares de reforço operacional.
Só lembrando: A polícia não é onisciente. Também não há registro de pessoas feridas nesta ação, graças a Deus!

Blog Jair Sampaio 

Secretaria municipal de educação de Itajá emite comunicado informando a suspensão de ônibus para IFRN e UERN



Governo federal diz que enviará quantos reforços forem necessários para RN


O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, disse hoje (15) que o governo enviará quantos membros da Força Nacional forem necessários para controlar a situação no Rio Grande do Norte, após uma série de ataques criminosos a prédios públicos, comércios e veículos no estado. "Nós já tivemos a transferência de alguns líderes de facção. Mas se continuar esse clima de conflagração nós vamos aumentar o efetivo, podendo chegar a trezentos, quatrocentos, quinhentos, na medida que isso seja necessário", declarou Dino, em entrevista a jornalistas no Palácio do Planalto, em Brasília, logo após o relançamento do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci).

Nos últimos dias, o Rio Grande do Norte tem sido alvo de ataques violentos orquestrados por uma organização criminosa que, supostamente, protesta contra as condições dos presos nas penitenciárias. Segundo o ministro, foram destinados imediatamente 220 policiais da Força Nacional e da Força Penitenciária para conter os ataques e reforçar a segurança no estado.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública informou que o preso acusado de liderar a facção criminosa responsável pelos ataques foi transferido da penitenciária de Alcaçuz para um presídio federal. "Nós temos realizado ações pra descapitalizar essas facções. Vocês devem ter acompanhado uma grande operação que foi realizada pela Polícia Federal que se dirigia exatamente a descapitalização dessas facções, porque essa é a forma pela qual nós vamos vencê-las, retirando recursos", diz Dino.

Recadastramento de armas

A respeito do decreto sobre armas, Dino afirmou que 60% dos Caçadores, Atiradores e Colecionadores (CACs) preencheu o cadastro. Ele estima que o número deve subir para 80%. "Não chegaremos a 100% porque tem fraudador, tem criminoso, quem desviou a arma, quem fez contrabando de arma, quem vendeu arma pra facção criminosa". Por outro lado, os 20% não recadastrados, lembrou Dino, serão automaticamente considerados armamentos ilegais. "Há uma ideia falsa de que o recadastramento é para confiscar a arma, pelo contrário. Na verdade quem não recadastrar é que estará sujeito a apreensão", explicou.

Entre as medidas previstas no decreto, está o recadastramento de todas as armas de CACs em um único banco de dados da Polícia Federal (PF), o Sistema Nacional de Armas (Sinarm). Antes, as armas ficavam apenas em um sistema do Exército. O Ministério da Justiça estipulou um prazo para recadastramento de 60 dias, contados a partir de 1º de fevereiro, que termina em abril.

Flavio Dino lembrou ainda que o Supremo Tribunal Federal confirmou recentemente a legalidade da norma e negou a possibilidade de uma virada de mesa sobre o tema. "A decisão do Supremo tem força vinculante. [Por isso] não é possível uma virada de mesa de nenhum tipo, nos termos da lei, porque o Supremo já chancelou o decreto e, obviamente, com isso o decreto tem que ser cumprido".

Agência Brasil

Secretário nega que presos do RN recebam comida estragada


O secretário de Administração Penitenciária do Rio Grande do Norte, Helton Edi Xavier, negou que os presos do estado tenham recebido comida estragada. Nesta quarta-feira (15), a mídia publicou informações do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura (MNPCT), associado ao Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania, sobre relatório que apontava comida estragada e tortura aos presos.

O secretário, que tomou posse no segundo mandato de Fátima Bezerra, garantiu que ele costuma comer a mesma alimentação que é fornecida aos detentos, quando visita as unidades prisionais do estado. Segundo ele, nunca sentiu nada de errado.

"Depois que assumimos a gestão, tenho ido ao presídios, como a comida dos presos e nunca identifiquei nada de estragado", garantiu.

Na opinião do secretário, há a possibilidade de que os presos achem que a comida está estragada devido á repetição dos cardápios. "Talvez seja porque nós temos um cardápio semanal que se repete. Comendo várias vezes a mesma coisa, pode dar a impressão de ser comida de baixa qualidade, mas nunca identificamos nada de irregular", afirmou o secretário, que também informou que as demais denúncias sobre supostos maus tratos serão investigadas.

Tribuna do Norte 

Suspeitos de tentar incendiar CRAS são presos em Parelhas


Dois suspeitos que haviam tentado incendiar o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS - Cruz do Monte), no município de Parelhas, foram presos em flagrante na última terça-feira (14). A prisão foi efetuada em ação conjunta pela Polícia Civil e pela Polícia Militar.

Ambos os homens são suspeitos de integrarem uma organização criminosa, e foram presos por porte ilegal de arma de fogo e dano qualificado pelo emprego de substância inflamável contra bem da administração pública. Com ele, foram encontrados e apreendidos um revólver calibre 38 e dois aparelhos celulares.

Os suspeitos foram encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da justiça.

Tribuna do Norte 

UERN mantém atividades suspensas até sexta-feira


a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN) decidiu manter suspensas as atividades presenciais até a sexta-feira (17). Em comunicado divulgado na tarde desta quarta-feira (15), a instituição justificou que ainda não há garantia de segurança para a retomada dos trabalhos e aulas presenciais.

"Priorizando a segurança da comunidade acadêmica, a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) comunica aos estudantes e servidores dos Campi de Mossoró, Assú, Caicó, Natal, Patu e Pau dos Ferros, que as atividades presenciais, acadêmicas e administrativas, continuam suspensas até a próxima sexta-feira, 17 de março, nos turnos da manhã, tarde e noite", disse a UERN, em nota.

De acordo com a universidade, na sexta-feira será emitido um novo comunicado para confirmar qual será o procedimento adotado. "A Universidade anseia que, até lá, estejamos vivendo um cenário favorável na segurança pública, diante das medidas adotadas pelo Governo do RN e reforço da Força Nacional ao Estado", disse a nota.

Ainda segundo a UERN, continuam autorizadas as atividades e aulas que possam ser desenvolvidas de forma remota. além disso, a universidade explicou que os procedimentos de heteroidentificação, voltados aos candidatos convocados na chamada regular do SiSU 2023 na cota social Preto, Pardo e Indígena (PPI); e as perícias da Junta Multiprofissional, voltadas aos candidatos convocados na cota Pessoa com Deficiência (PcD), agendados para esta semana estão suspensos. 

Além da UERN, a UFRN e Ufersa seguem com atividades suspensas pelos mesmos motivos.

Tribuna do Norte 

Adolescente é morto a tiros após tentar incendiar veículo na Grande Natal, diz PM


Um adolescente foi morto a tiros após tentar incendiar um veículo durante a tarde desta quarta-feira (15) em Parnamirim, na Grande Natal. Ele estava acompanhado de outros três suspeitos, que fugiram do local.

De acordo com a Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 15h na rua Anália Jovem de Paula, no bairro Parque Industrial. Junto de três suspeitos, o adolescente de 15 anos estava com um artefato explosivos em mãos e se preparava para incendiar um caminhão recapeador da rua, quando foi surpreendido por um indivíduo não identificado. Houve uma troca de tiros e a vítima foi atingida. Ele morreu ainda no local.

Após o assassinato, os suspeitos fugiram. Os policiais militares foram ao local e recolheram o objeto explosivo, além da arma que estava com a vítima. Até o fechamento desta edição, o autor do crime não foi encontrado.

Novo incêndio

Na avenida Trompowsky Monte Castelo, em Parnamirim, um caminhão que presta serviço à Cosern foi incendiado durante a tarde desta quarta. O crime, segundo a PM, foi realizado por criminosos encapuzados por volta das 15h. Niguém ficou ferido.

Tribuna do Norte 

Líder de facção conhecido como 'Argentino" é morto em confronto com a PM no RN.


Segundo informações, um dos maiores lideres da facção "Sindicato do RN" foi morto na manhã desta quarta-feira (15) em confronto com a Polícia Militar do RN.

"Argentino" teria sido morto no bairro de Mãe Luiza em Natal.

O clima é tenso na capital do estado.


Blog João Marcolino

Ministério da Justiça autoriza força-tarefa de intervenção nos presídios do RN


O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, autorizou a Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária no Rio Grande do Norte. A decisão ocorre após dois dias de atentados perpetrados em municípios potiguares. A decisão foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) nesta quarta-feira (15).

A medida foi oficializada por meio de portaria, que autoriza o emprego da Força-Tarefa para exercer a coordenação das ações das atividades dos serviços de guarda, de vigilância e de custódia de presos. A ação vale pelo período de 30 dias a contar desta quarta-feira.

Pelo texto que foi publicado, a operação terá o "apoio logístico e a supervisão dos órgãos de administração penitenciária e segurança pública do ente federado solicitante", nos termos do convênio de cooperação firmado entre as partes, durante a vigência da portaria. Além disso, o texto também determina que o número de profissionais a ser disponibilizado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública obedecerá ao planejamento definido pelos envolvidos na operação.

O Governo do Estado, porém, disse que a publicação não trata sobre uma intervenção semelhante à que ocorre no Distrito Federal. Na publicação sobre Brasília, em 8 de janeiro, o Ministério da Justiça decretou "intervenção federal no Distrito Federal com o objetivo de pôr termo ao grave comprometimento da ordem pública, nos termos em que especifica", termos não utilizados na publicação sobre o Governo do Estado. No Distrito Federal, inclusive, foi designado um interventor subordinado ao presidente da República.

Tribuna do Norte 

Fátima Bezerra diz que atentados caíram 60%


A governadora Fátima Bezerra disse à imprensa, na tarde desta quarta-feira (15), que o Governo do Rio Grande do Norte está tomando as medidas necessárias para garantir a ordem em Natal e no interior. De acordo com ela, houve uma redução de aproximadamente 60% nos ataques de criminosos nas últimas 24 horas, em comparação ao dia anterior. A governadora também disse que os ônibus voltam a circular às 15h.

Um dos principais reflexos dos ataques que estão ocorrendo na cidade é a suspensão nos serviços de transporte público. Apesar de ter ocorrido a retomada na manhã de hoje, os ônibus pararam a circular no transcorrer da manhã devido a novos ataques promovidos pelos criminosos a ônibus, principalmente. Porém, com a presença de representantes do setor de transporte público, a governadora garantiu que os ônibus voltam a circular já nesta tarde.

“Estamos aqui 24 horas trabalhando, como é nosso dever, com a governadora coordenando a operação para garantir a normalidade, trazer a paz ea segurança”, disse Fátima Bezerra.

De acordo com o diretor-executivo do Sintro, Gilvan Silva, a categoria ainda não crava o retorno da categoria às atividades neste momento.

Segundo a governadora, as ações do Governo colaboraram para a redução nos crimes e a Força Nacional, que já está no estado, está nas ruas. Além disso, Fátima disse que está atuando em parceria com os estados da Paraíba e Ceará para combater o crime organizado e evitar novos atentados.

“Estamos fazendo todos os esforços. Agora é pedir serenidade (à população) e dizer a ela que estamos atuando com toda firmeza”, disse Fátima Bezerra.


blog Jair Sampaio 

Frota de ônibus em Parnamirim é recolhida novamente após ataques


Através de nota, a prefeitura de Parnamirim anunciou que a frota de ônibus do município foi recolhida nesta quarta-feira (15) após ataques incendiários que destruíram caminhões usados no serviço durante a manhã de terça-feira (14). Ainda segundo a nota, os serviços nas unidades básicas de saúde do município tiveram o horário reduzido.

Confira a nota abaixo, na íntegra:

“Em virtude dos atos de vandalismo no RN, a Prefeitura de Parnamirim, decidiu manter, nesta quarta-feira (15), a suspensão da coleta de lixo domiciliar, bem como os serviços de coleta de poda e entulho. A decisão leva em consideração a segurança dos funcionários, uma vez que um dos veículos que compõem a frota que realiza a coleta no município foi incendiado, na manhã de ontem. A Prefeitura esclarece que ninguém ficou ferido, sendo registrados apenas danos materiais.

Pelos mesmos motivos, a prefeitura autorizou o expediente reduzido, até às 14h, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). A suspensão das aulas da rede pública de ensino também segue mantida. Além disso, as frotas de ônibus da Trampolim, da Cooperativa e dos Interbairros serão 100% recolhidas”.

Blog Jair Sampaio 

Lagoa Nova: sede da Emater no interior do RN é alvo de incêndio


A sede da Emater, em Lagoa Nova, no interior do Rio Grande do Norte, foi alvo de incêndio nesta quarta-feira (14).

Os criminosos tentaram atear fogo na estrutura e as chamas danificaram parcialmente as paredes de um dos ambientes do prédio.

Em nota enviada à Tribuna do Norte, a prefeitura afirmou que o município segue em alerta “lamentamos que episódios como esse estejam ocorrendo nas últimas horas em todo o Rio Grande do Norte, destacando que o dano ao patrimônio público traz prejuízos para toda a população”, diz trecho do comunicado.

Blog Jair Sampaio

Polícia Civil prende o líder comunitário Zé da Brahma e o líder de facção criminosa Daniel Assado


A Polícia Civil (DEFUR e Delegacia Municipal) está em diligência na manhã desta quarta-feira para cumprir mandados de prisão .

Os delegados que estão à frente do trabalho não falaram com a imprensa, mas já se sabe da prisão do líder comunitário Zé da Brahma.

Preso na OPERAÇÃO FANTOCHE em 2020, ZÉ DA BRAHMA foi acusado, entre outros de crimes, de chefiar o tráfico e drogas na Zona Norte de Caicó.

Há também informações preliminares da prisão do também caicoense Daniel Batista de Almeida, de 27 anos, líder de facção criminosa do RN.

A informação das duas prisões foi checada pelo blog Jair Sampaio junto à Polícia Civil, que ainda não pode detalhar o motivo das prisões em Caicó.


Blog Jair sampaio 

Policiais civis e militares prendem dois suspeitos de tentar incendiar CRAS em Parelhas


Policiais civis da 96ª Delegacia de Polícia Civil (DP de Parelhas), em ação conjunta com a Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PMRN), prenderam em flagrante, nesta terça-feira (14), dois suspeitos que tentaram incendiar o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS – Cruz do Monte), no município de Parelhas.

Ambos, suspeitos de integrarem uma organização criminosa, foram presos também por porte ilegal de arma de fogo e dano qualificado pelo emprego de substância inflamável, contra bem da administração pública. Com eles, foram encontrados e apreendidos um revólver calibre 38 e dois aparelhos celulares.


Blog Jair sampaio

Aulas na rede municipal e coleta de lixo são suspensas em Grossos


Em virtude dos recentes ataques contra a ordem pública na região Oeste do Rio Grande do Norte, a Prefeitura Municipal de Grossos informa o cancelamento da programação alusiva ao lançamento do programa Terra Produtiva que estava previsto para ocorrer nesta quinta-feira, 16/03. Uma nova data será anunciada em breve.

A Prefeitura Municipal de Grossos também informa à população que o serviço de coleta de lixo está suspenso temporariamente, assim como o transporte escolar.

As aulas na rede municipal de ensino foram suspensas. A Prefeitura de Grossos lamenta a situação e pede a colaboração de todos neste momento em que o primordial é garantir a vida de servidores e a manutenção do patrimônio público.

O facho de grossos

Park de diversões JPM, de volta a cidade de Itajá em Abril


A cidade de Itajá, vai receber o park de diversões JPM, e trará a população novidades em brinquedos para satisfazer a alegria da população Itajaense.

De acordo com João Paulo, o park estará instalado ao lado da praça de eventos Manoel Argemiro Lopes.


RELEMBRE

No ano de 2021o park esteve instalado em um terreno aonde Hoje está sendo construído o novo centro administrativo da prefeitura de Itajá.


Comerciante é morto a tiros durante assalto em bairro da zona Oeste de Natal


O proprietário de um supermercado situado no bairro Nazaré, José Francisco da Silva, 68 anos, mais conhecido como Zezinho, foi vítima de um homicídio, na noite desta terça-feira, na zona Oeste de Natal. 

Segundo a Polícia Militar, a vítima teria sido alvejada com três tiros, após entrar em luta corporal contra um dos criminosos. Ainda segundo a polícia, foi nesse momento que os dois comparsas, que estavam com o criminoso, teriam atirado e matado. 

Zezinho chegou a ser socorrido ao pronto-socorro, mas não resistiu aos ferimentos. A Polícia Militar foi acionada ao local.

As investigações deverão apontar se o assassinato do comerciante tem alguma relação com a onda de ataques no Rio Grande do Norte. 

O corpo deverá ser encaminhado nas próximas horas para necropsia no ITEP. 

Tribuna do Norte 

PM prende 28 suspeitos em Natal e interior do RN


A Polícia Militar prendeu 28 suspeitos entre a noite de terça-feira e a madrugada desta quarta-feira (15) em Natal e no interior do Rio Grande do Norte. Do grupo, um suspeito é um adolescente, três são foragidos da justiça e um usava tornozeleira eletrônica. Segundo a PM, ainda, um suspeito foi preso e encaminhado ao hospital. Os dados são do último balanço do órgão e foram atualizados às 06h30 desta quarta-feira.  

Fora as prisões, também foram apreendidas seis armas de fogo, um simulacro de fogo, 20 artefatos explosivos e oito galões de gasolina. Desde a madrugada de terça-feira (14), criminosos agem no Estado depredando ônibus e estabelecimentos públicos e privados.

A PM informou que cinco motos e dois carros também foram apreendidos, mas não detalhou os modelos dos veículos. Drogas, dinheiro e munições também foram apreendidos durante as ações dos policiais. 

Assim como outros órgãos públicos de segurança do Estado, a PM vem aumentando o efetivo na capital e interior com o objetivo de atuar no enfrentamento aos ataques realizados por criminosos. 

Tribuna do Norte 

Investigação aponta que ordem para ataques partiu de Alcaçuz


Pedidos de regalias em unidades prisionais do Rio Grande do Norte e retaliações a operações contra lideranças de facções criminosas podem estar entre as razões que motivaram uma série de ataques que aterrorizaram o Estado nesta terça-feira (14). É o que apurou a TRIBUNA DO NORTE com fontes do Ministério Público e forças de segurança ligadas à Inteligência do Estado. Segundo investigações, os “decretos” para ataques a ônibus, bancos e cidades potiguares partiram de dentro do Complexo de Alcaçuz. Uma das principais lideranças do Sindicato do Crime foi transferida para presídio federal nesta terça-feira (14). 


“O que foi dito na reunião [entre forças de segurança pública] e ainda está sendo levantado é que os presos estariam reclamando dos tratamentos dentro dos presídios, porque foi cortado visita íntima, por exemplo”, confirmou a secretária de Segurança Pública e Defesa Social de Natal, Sheilla Freitas.

Segundo investigações do MPRN, a inteligência do RN identificou os possíveis ataques desde a última segunda-feira (13), fato que também foi confirmado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública. Os ataques seriam uma resposta do Sindicato do Crime, facção do RN fundada em 2013, para cobranças de benefícios nos presídios, como acesso à visita íntima, ventiladores e TVs nas celas, além de reclamações ligadas à falta de acesso à celulares.

“A motivação para nós é clara: uma forma de pressionar o Estado, incluindo União e órgãos ligados ao sistema penal, para que voltem regalias que não estão previstas como direito, por isso são regalias, que existiam antes de 2017, inclusive visita íntima, entrada de produtos fornecidos por familiares, TVs e ventiladores nas celas", apontam fontes do MPRN ligadas às investigações. 

Aliado a isso, apurações das forças de segurança também creditam os ataques à operações recentes e prisões de lideranças de faccionados. “Acreditamos que com ações policiais anteriores, há 15 dias, onde houve um enfrentamento da segurança pública em relação a infratores, onde foi apreendida grande quantidade de drogas e armas, isso inquietou a delinquência a enfrentar o sistema de segurança pública", disse o coronel Francisco Araújo, secretário de Segurança Pública do RN. 

Entre essas operações recentes estariam a prisão de um homem e uma mulher na Vila de Ponta Negra, em Natal, com apreensão de drogas e dinheiro fracionado, na semana passada. Antes, no dia 22 de fevereiro, uma dupla incendiou dois ônibus nas Rocas, zona Leste de Natal, ação que pode estar relacionada a uma retaliação a morte de um membro da facção local, que segundo a Polícia Militar, teria atirado numa viatura e morto em confronto. 

Aliado a isso, a inteligência do Estado identificou que os ataques foram ordenados por lideranças do Sindicato do Crime, entre eles, José Kemps Pereira de Araújo, também conhecido como "Ablon", "Alicate" ou "Véio do Rio". Considerado fundador da facção, Kemps foi preso em Pernambuco no dia 13 de janeiro deste ano, numa ação da Polícia Federal para cumprimento a um mandado judicial de prisão expedido pela 1ª Vara Regional de Execução Penal do Tribunal de Justiça do RN.

Coronel Araújo aponta que a Sesed soube antecipadamente da possibilidade de ataques. As medidas tomadas, no entanto, não foram suficientes, "Nós começamos a implementar ações, depois da notícia pelos levantamentos de inteligência, e foi o que se desencadeou com ações preventivas à tarde, noite e madrugada, com as forças enfrentando a criminalidade", disse Coronel Araújo. Segundo o secretário de Segurança, coronel Francisco Araújo, a própria governadora Fátima Bezerra foi avisada ainda na madrugada da última terça. 

Ataques

Esta não foi a primeira vez que facções criminosas promovem ataques a ônibus, carros, prédios, comércio e instituições públicas no Rio Grande do Norte. Nesta terça-feira (14), os ataques foram registrados em pelo menos 22 cidades do Estado. 

O último balanço de ações divulgado pela Polícia Militar apontou 21 suspeitos presos (sendo 1 adolescente, 2 Foragidos da Justiça recapturados e 1 tornozelado preso com arma de fogo); 5 armas de fogo apreendidas; 1 simulacro de arma de fogo apreendido; 18 artefatos explosivos apreendidos; 6 Galões de Gasolina apreendidos; 5 motos apreendidas; 1 Carro apreendido; além de dinheiro, drogas e munições. 

Os ataques orquestrados já eram esperados pelos policiais penais do estado. É o que afirma a presidente do sindicato que representa a categoria, Vilma Batista. De acordo com ela, o aumento de concessões aos detentos e dificuldade na fiscalização contribui para situações como essa.Além disso, a representante dos policiais penais também explica que está havendo facilidade para a comunicação entre os detentos e membros da facção criminosa fora dos presídios. 

Seap suspende visitas por tempo indeterminado

A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap) anunciou nesta terça-feira (14) a suspensão da visita de familiares e atendimento para advogados em todas as unidades prisionais do Rio Grande do Norte em virtude dos ataques nas ruas do RN.

“Já adotamos algumas medidas em face à situação, suspendendo visitas de familiares e advogados. Explicamos isso a OAB, que compreendeu. Isso será o tempo que for necessário até que a situação se restabeleça”, disse o secretário Helton Edi Xavier.  

O secretário de Administração Penitenciária, Helton Edi Xavier, disse que a pasta reforçou medidas de segurança nas unidades. O titular da pasta apontou ainda que a segurança foi reforçada dentro das unidades prisionais do Estado. Também foi solicitada presença federal da Força Nacional para auxiliar nas operações. 

“Adotamos algumas medidas de segurança e protocolos para o bom funcionamento das unidades e isso incomoda. Essas ameaças sempre ocorrem e hoje, infelizmente, se consolidaram, mas é uma demanda justamente por conta dessas medidas adotadas que não agradam alguns internos”, disse o secretário de Administração Penitenciária do RN, Helton Edi Xavier. “Em relação a reivindicações, o apenado tem que entender que dentro do sistema ele precisa cumprir protocolos. O que é oferecido é o que a lei permite. Não há excessos nem faltas”, disse o secretário.

Tribuna do Norte 

Suspeito de ser um dos responsáveis por ataques violentos no RN é morto em confronto com a polícia na PB


Um jovem de 29 anos, apontado pela polícia como um dos responsáveis por organizar os ataques violentos no Rio Grande do Norte, morreu após um confronto com a polícia, em João Pessoa, na madrugada desta quarta-feira (15).

De acordo com a Polícia Civil, José Wilson da Silva Filho era foragido dos sistemas prisionais da Paraíba e do Rio Grande do Norte e estava escondido no bairro de Paratibe, na capital paraibana.

Segundo Luciano Augusto, delegado do Departamento de Investigação Contra o Crime Organizado no Rio Grande do Norte (DEICOR-RN), o jovem fazia parte do grupo criminosos responsável pelos ataques, e já era monitorado pelo departamento há cerca de um ano. Antes de sua morte, um preso ligado à facção e suspeito de chefiar os ataques de dentro do presídio foi transferido no RN.
A polícia recebeu uma denúncia com o endereço dele, na Paraíba. Na abordagem, José Wilson trocou tiros com a polícia, foi baleado e chegou a ser socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, mas não resistiu e morreu no início da manhã. Com ele, a polícia apreendeu uma pistola e um carro.

Ele é o segundo morto em confronto com a polícia após os ataques. O primeiro foi morto no Rio Grande do Norte em um confronto na madrugada de terça-feira.

Segundo o delegado, José era um dos poucos integrantes da facção que estava em liberdade.

“Com os recentes ataques oriundos de ordens vindas do presídio, ele era um dos poucos integrantes do grupo em liberdade, e estava orquestrando o cumprimento destas ordens. Nós intensificamos a investigação contra ele e identificamos que ele atuou fornecendo armamentos, dinheiro e determinando os locais dos ataques que aconteceram nos últimos dias”, disse Luciano.
Ainda conforme o delegado, outros alvos estão sendo monitorados, mas as informações não podem ser divulgadas para não comprometer a investigação.

Suspeito de ser um dos responsáveis por ataques violentos no RN é morto em confronto com a polícia na PB
Jovem de 29 anos estava escondido no bairro de Paratibe e chegou a ser socorrido para o hospital, mas não resistiu. Ele seria responsável por distribuir armas e dinheiros para grupo que fez os ataques.
Por g1 PB

15/03/2023 07h55 Atualizado há 7 minutos

     
José Wilson da Silva Filho era foragido dos sistemas prisionais da Paraíba e do Rio Grande do Norte e um dos coordenadores dos ataques — Foto: Divulgação/Polícia Civil
José Wilson da Silva Filho era foragido dos sistemas prisionais da Paraíba e do Rio Grande do Norte e um dos coordenadores dos ataques — Foto: Divulgação/Polícia Civil


Um jovem de 29 anos, apontado pela polícia como um dos responsáveis por organizar os ataques violentos no Rio Grande do Norte, morreu após um confronto com a polícia, em João Pessoa, na madrugada desta quarta-feira (15).

De acordo com a Polícia Civil, José Wilson da Silva Filho era foragido dos sistemas prisionais da Paraíba e do Rio Grande do Norte e estava escondido no bairro de Paratibe, na capital paraibana.

Segundo Luciano Augusto, delegado do Departamento de Investigação Contra o Crime Organizado no Rio Grande do Norte (DEICOR-RN), o jovem fazia parte do grupo criminosos responsável pelos ataques, e já era monitorado pelo departamento há cerca de um ano. Antes de sua morte, um preso ligado à facção e suspeito de chefiar os ataques de dentro do presídio foi transferido no RN.

Mais de dez cidades do Rio Grande do Norte sofrem ataques violentos
Mais de dez cidades do Rio Grande do Norte sofrem ataques violentos


A polícia recebeu uma denúncia com o endereço dele, na Paraíba. Na abordagem, José Wilson trocou tiros com a polícia, foi baleado e chegou a ser socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, mas não resistiu e morreu no início da manhã. Com ele, a polícia apreendeu uma pistola e um carro.

Ele é o segundo morto em confronto com a polícia após os ataques. O primeiro foi morto no Rio Grande do Norte em um confronto na madrugada de terça-feira.

Segundo o delegado, José era um dos poucos integrantes da facção que estava em liberdade.

“Com os recentes ataques oriundos de ordens vindas do presídio, ele era um dos poucos integrantes do grupo em liberdade, e estava orquestrando o cumprimento destas ordens. Nós intensificamos a investigação contra ele e identificamos que ele atuou fornecendo armamentos, dinheiro e determinando os locais dos ataques que aconteceram nos últimos dias”, disse Luciano.
Ainda conforme o delegado, outros alvos estão sendo monitorados, mas as informações não podem ser divulgadas para não comprometer a investigação.

Dois ônibus escolares foram incendiados no municípios de São Tomé, RN, na madrugada desta quarta (15) — Foto: Divulgação
Dois ônibus escolares foram incendiados no municípios de São Tomé, RN, na madrugada desta quarta (15) — Foto: Divulgação


Ataques no RN

Segundo a polícia, a ação é organizada por uma facção que age de dentro dos presídios. O grupo tem queimado prédios públicos, comércios e veículos. Ao menos duas pessoas ficaram feridas.

Na madrugada, 100 homens da Força Nacional chegaram ao estado para reforçar a segurança. De acordo com o último balanço da Polícia Militar, 28 pessoas foram presas desde o início dos ataques.

A Secretaria da Segurança e da Defesa Social da Paraíba reforçou o policiamento nas divisas do estado com o Rio Grande do Norte após ataques em 19 cidades do estado vizinho, na madrugada da terça-feira (14). Nesta quarta, o estado vizinho teve a segunda noite de violência com ataques na capital, Natal, e pelo menos outras quatro cidades.



Ônibus voltam a circular em Natal após ataques


 A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) confirmou a volta de circulação dos ônibus nesta quarta-feira 15. Às 6h30 a frota de transporte saiu das garagens para seus respectivos terminais”.

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) confirmou a volta de circulação dos ônibus nesta quarta-feira 15. Às 6h30 a frota de transporte saiu das garagens para seus respectivos terminais”.

Agora RN