PESQUISA ESTE SITE

Total de visualizações de página


PESSOAS ONLINE



15 fevereiro 2024

HOMEM CONDENADO POR VIOLÊNCIA DOMÉSTICA É PRESO EM AGÊNCIA BANCÁRIA EM MOSSORÓ

REDAÇÃO ITAJÁ TV

Policiais civis da Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações de Mossoró (DEFD), com o apoio da Divisão de Polícia Civil do Oeste (DIVIPOE) e da 2ª Delegacia Regional, deram cumprimento, na quinta-feira (15), a um mandado de prisão definitiva em desfavor de um homem pelo crime de ameaça no contexto de violência doméstica e familiar contra a mulher. Ele foi preso em Mossoró.

A prisão aconteceu dentro de uma agência do Banco do Brasil, no momento em que o indivíduo saía da instituição bancária. O preso foi conduzido à Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM), onde foram realizados os procedimentos de praxe.

O homem foi preso e encaminhado para o sistema prisional, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.


Fim da linha 


MINISTRO LEWANDOWSKI DIZ QUE FUGITIVOS DE PRESIDIO FEDERAL DE MOSSORÓ AINDA ESTÃO NA REGIÃO

REDAÇÃO ITAJÁ TV

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, concedeu entrevista à Imprensa Nacional nesta quinta disse, (15), onde falou sobre a fuga de dois presos do presídio federal de Mossoró, fuga ocorrida na madrugada de quarta feira (14).

Lewandowski disse que os fugitivos devem estar no momento num perímetro de 15 quilômetros da unidade prisional federal. Ainda segundo o ministro, foram empregados 300 agentes de segurança para a captura de Deibson Cabral Nascimento e Rogério da Silva Mendonça.

“Nós temos cerca de 100 agentes da PF, mais cerca de 100 da PRF e mais, aproximadamente, 100 agentes das forças policiais locais (militar e civil)”, envolvidos nas ações de captura, explicou o ministro.Foram empregados 03 helicópteros para as buscas, além de drones.

De acordo com o ministro, o local é uma região de mata e que as autoridades envolvidas no caso acreditam que os fugitivos permanecem na região.

“Nós não identificamos nenhum veículo que os tenham buscado quando deixaram o presídio. Também não temos nenhuma notícia de furto ou roubo de veículos na região. Portanto, imaginamos, são hipóteses, que eles ainda se encontram na região”, disse.

Lewandowski confirmou que houve registro de um furto e roubo de comida e roupas em uma casa próxima, na Comunidade rural de Rancho da Caça e que pode ter relação com os detentos.


Fim da linha


CARNAVAL 2024: PRF REGISTRA REDUÇÃO DE 55% NOS ACIDENTES GRAVES NAS RODOVIAS FEDERAIS DO RIO GRANDE DO NORTE

REDAÇÃO ITAJÁ TV

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou, às 23h59 desta quarta-feira (14), no Rio Grande do Norte, a Operação Carnaval 2024. Durante os seis dias de operação, a PRF reforçou a fiscalização nas rodovias federais do estado com o foco na prevenção de acidentes, mortes e feridos.

As ações da PRF para garantir o trânsito seguro incluíam a fiscalização de condutas irregulares de motoristas, que podem representar riscos a outros usuários das rodovias, como a mistura álcool e direção, excesso de velocidade e ultrapassagem indevida.

Durante a operação 4.462 pessoas e 3.981 veículos foram fiscalizados. Em comparação com o mesmo período do ano passado, a PRF registrou uma queda de 55% no número de acidentes e de 50% no número de mortos. Foram flagrados 419 condutores realizando ultrapassagens indevidas, 165 condutores ou passageiros não usavam o capacete, 43 crianças que não utilizavam o dispositivo de retenção (DRC) e 220 pessoas sem utilizar o cinto de segurança.

No que se refere à embriaguez ao volante, 3.343 testes de alcoolemia foram realizados e 108 motoristas foram autuados.

Combate ao crime

O enfrentamento à criminalidade foi mantido, e nos seis dias de operação, os policiais apreenderam 45 Kg de cocaína e recuperaram 09 veículos, representando um aumento de 29% em relação ao  ano anterior. No total 26 pessoas foram detidas por crimes diversos e encaminhadas à polícia judiciária.


Fim da linha 


GOVERNO SUSPEITA QUE PRESOS QUE FUGIRAM DA PENITENCIÁRIA AINDA ESTEJAM NO RN E CERCA DIVISAS

REDAÇÃO ITAJÁ TV

O secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Norte, coronel Francisco Araújo, disse que existem fortes indícios de que os dois detentos que escaparam da penitenciária federal de Mossoró permanecem nas proximidades da cidade.

A fuga, na quarta (14), foi a primeira registrada no sistema penitenciário federal desde sua implantação, em 2006. A gestão dessas unidades é de responsabilidade do Ministério da Justiça e da Segurança Pública, atualmente a cargo de Ricardo Lewandowski.

Os fugitivos foram identificados como Rogério da Silva Mendonça, 36, conhecido como Tatu, e Deibson Cabral Nascimento, 34, chamado de Deisinho. Segundo as investigações, eles são ligados ao Comando Vermelho.

“As operações de busca ainda estão concentradas na região de Mossoró e áreas adjacentes. Realizamos sobrevoos utilizando as informações fornecidas pela inteligência, e, diante de cada informação recebida, implementamos diligências para tentar localizá-los. Há fortes indícios que estão no entorno de Mossoró”, afirmou.

O secretário da gestão Fátima Bezerra (PT) explicou que a polícia foi alertada sobre um roubo de alimentos e roupas na região, mas, após uma análise mais detalhada, foi descartada a possibilidade de os dois fugitivos serem os responsáveis.

“Recebemos informações de que haviam invadido uma propriedade rural e roubado mantimentos e vestuário. Suspeitaram que poderiam ser os fugitivos. Mobilizamos aeronaves, viaturas e policiais a pé, mas não encontramos indícios de que essas pessoas corresponderiam às características descritas”, disse.

Araújo ressaltou que, além da força-tarefa local encarregada das buscas e investigações, as polícias da Paraíba e do Ceará estão colaborando por fazerem divisa com o estado.

A principal suspeita até o momento é de que os dois presos tenham usado materiais de uma obra do pátio da penitenciária como instrumentos na ação, de acordo com pessoas com acesso à investigação.

Ainda não há informações se houve ajuda de agentes penitenciários, de outros funcionários ou pessoas de fora na fuga. As hipóteses estão sendo investigadas, mas já há consenso de que houve falha na inspeção.

Lewandowski determinou nesta quarta o afastamento imediato da atual direção da penitenciária em Mossoró e escalou um interventor para comandar a gestão da unidade.

O policial penal federal que assumirá o presídio já está na cidade, e o nome não foi divulgado pela pasta por questão de segurança. Ele embarcou para o local, na tarde desta quarta, com o secretário Nacional de Políticas Penais, André Garcia.

Por Raquel Lopes e Constança Rezende


COM HOMENAGEM A DIANA FONTES, MALANDROS DO SAMBA VAI EM BUSCA DO BICAMPEONATO NO DESFILE DAS ESCOLAS DE SAMBA DE NATAL

REDAÇÃO ITAJÁ TV





Vencedora em 2023, a Escola pretende surpreender o público no próximo sábado (17), mostrando a força da cultura potiguar e a energia dos seus 500 integrantes 

Depois de meses de ensaios e muita dedicação, a Escola de Samba Malandros do Samba está preparada para surpreender o público. No próximo sábado (17), na Avenida Duque de Caxias no bairro da Ribeira, a agremiação vai encerrar o Desfile das Escolas de Samba no Carnaval de Natal 2024. Com o enredo “Malandros abre as cortinas para nossa Estrela da Cultura Potiguar!”, a escola do bairro das Rocas, pretende conquistar o bicampeonato do Carnaval de Natal com seus 500 integrantes distribuídos em 17 alas carnavalescas. A apresentação é gratuita e aberta ao público!

No sábado, a programação começa às 19h com o Cortejo das Tribos de Índios Gaviões Amarelo, Tupi Guarani, Tabajara e Mobralino Mapabu. Na sequência acontece o desfile do Grupo A das Escolas de Samba. A Escola Malandros do Samba, se apresenta a partir das 23h45, com uma grande homenagem a artista potiguar Diana Fontes. “Estou emocionada com todo o carinho dos integrantes da Malandro dos Samba. É uma sensação maravilhosa ser homenageada e poder fazer parte desse momento. Pra mim é muito significativo e muito forte poder participar e poder ver minha vida sendo enredo da escola.”, destaca Diana.
 
A apresentação da escola de samba deve durar uma hora. Durante todo o percurso serão apresentados, a vida e a obra da artista potiguar de 72 anos. Sua infância nos Estados Unidos, sua carreira no esporte e os projetos culturais. Espetáculos de sucesso que consagraram a carreira artística de Diana Fontes terão destaque especial, como o Presente de Natal, Chuva de Balas no País de Mossoró e Auto de Sant’anna. O Samba Enredo “Malandros abre as cortinas para nossa Estrela da Cultura Potiguar!” é uma composição de Evilásio Nascimento, com interpretação de Jean Barbosa.

*Serviço*
Desfile da Escola de Samba Malandros do Samba - “Malandros abre as cortinas para nossa Estrela da Cultura Potiguar!”
Data:17 de fevereiro – a partir das 19h
Local: Avenida Duque de Caxias, Ribeira
Entrada Gratuita

PADRE NUNES NA FESTA DE SÃO VICENTE FÉRRER EM ITAJÁ 2024

REDAÇÃO ITAJÁ TV

A paróquia de são vicente férrer em Itajá, divulgou que dentro de sua programação do padroeiro, o padre nunes será a atração religiosa, no dia 21 de abril de 2024.


RN RECEBE 29,8 MIL DOSES DE VACINA CONTRA DENGUE

REDAÇÃO ITAJÁ TV

O Rio Grande do Norte receberá 29.800 doses da vacina contra a dengue nesta quinta-feira (15). De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap), os imunizantes já serão encaminhados aos 19 municípios, contemplados nesta primeira etapa, ainda hoje (15) às 08h. A aplicação ficará a cargo das prefeituras, mas a orientação é para que as campanhas comecem o “mais breve possível”. Em todo o país, 521 municípios distribuídos em 16 estados e o Distrito Federal vão receber o imunizante. Nesta primeira remessa, estão disponíveis 757 mil doses para o País.


As regiões de saúde selecionadas atendem a três critérios: possuem pelo menos um município de grande porte, ou seja, mais de 100 mil habitantes, com alta transmissão de dengue registrada em 2023 e 2024, e com maior predominância do sorotipo DENV-2. No RN, 19 cidades se encaixam nesses critérios: Apodi; Areia Branca; Baraúna; Campo Grande; Caraúbas; Extremoz; Felipe Guerra; Governador Dix-Sept Rosado; Grossos; Janduís; Macaíba; Messias Targino; Mossoró; Natal; Parnamirim; São Gonçalo do Amarante; Serra do Mel; Tibau; e Upanema.


A primeira remessa será direcionada para crianças de 10 a 11 anos. A faixa etária irá avançando até englobar o público-alvo de crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos. Essa é a faixa etária com maior número de hospitalizações por dengue – 16,4 mil de janeiro de 2019 a novembro de 2023, depois das pessoas idosas, grupo para o qual a vacina não foi autorizada pela Anvisa. O esquema vacinal será composto por duas doses, com intervalo de três meses entre elas.


Em 2023, o Rio Grande do Norte registrou 7.889 casos prováveis de dengue, com duas mortes confirmadas em decorrência da doença. Um outro óbito está em investigação para saber se foi causado pela dengue. Neste ano, 1.065 casos prováveis de dengue já foram identificados e um óbito está sob investigação. Os dados são da plataforma de monitoramento de arboviroses do Ministério da Saúde.


A definição de um público-alvo e regiões prioritárias para a imunização foi necessária em razão da capacidade limitada de fornecimento de doses pelo laboratório fabricante da vacina. A primeira remessa com cerca de 757 mil doses chegou ao Brasil no dia 20 de janeiro. O lote faz parte de um total de 1,32 milhão de doses fornecidas pela farmacêutica. Outra remessa, com mais de 568 mil doses, está com entrega prevista para fevereiro.


Além dessas, o Ministério da Saúde adquiriu o quantitativo total disponível pelo fabricante para 2024: 5,2 milhões de doses. De acordo com a empresa, a previsão é que sejam entregues ao longo do ano, até dezembro. Para 2025, a pasta já contratou 9 milhões de doses. O Brasil é o primeiro país do mundo a oferecer o imunizante no sistema público universal. O Ministério da Saúde incorporou a vacina contra a dengue em dezembro de 2023.


A inclusão foi analisada de forma célere pela Conitec (Comissão Nacional de Incorporações de Tecnologias no SUS), que recomendou a incorporação. Todo o processo foi organizado com Conass e Conasems – órgãos representantes das Secretarias de Saúde dos estados e municípios – seguindo as recomendações da Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização (CTAI) e da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Ministério amplia orçamento para emergência

O Ministério da Saúde anunciou a ampliação os recursos reservados para apoiar Estados, municípios e o Distrito Federal no enfrentamento de emergências. O repasse, que será de R$ 1,5 bilhão, ocorre em um momento de alta de casos de dengue. Em novembro passado, a pasta já havia prometido R$ 256 milhões.


O apoio é destinado para medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública em situações que podem ser epidemiológicas, de desastres ou de desassistência à população.
Para receber o recurso, o Estado ou município deve enviar ofício com a declaração de emergência em saúde e um plano de ação. Os repasses serão mensais durante a vigência do decreto de emergência.


O Estadão questionou a pasta quanto do valor anunciado em novembro já havia chegado a Estados e municípios, mas não recebeu resposta até a publicação desta reportagem.


No anúncio da ampliação dos repasses, o ministério informou que publicou na sexta, 9, uma portaria que deve “acelerar a liberação de recursos para Estados e municípios que decretarem emergência, seja por dengue, outras arboviroses ou situações que acometam a saúde pública”.


O País já ultrapassou a marca de meio milhão de casos prováveis de dengue, numa escalada incomum da doença para esta época do ano, que pode indicar uma antecipação do pico das infecções.


Desde o final do ano passado, a pasta já avisava que o cenário de 2024 seria preocupante. A estimativa menos otimista da pasta projeta 4,2 milhões de casos, algo nunca antes visto. Até o momento, 75 óbitos foram confirmados.

Com Informações Tribuna do Norte 

 



CONHEÇA O INTERVENTOR NOMEADO PARA ATUAR NO PRESÍDIO FEDERAL DE MOSSORÓ

REDAÇÃO ITAJÁ TV

O policial penal federal Carlos Luis Vieira Pires será o responsável por atuar como interventor do presídio federal de Mossoró, onde dois presos fugiram e continuam foragidos, após o Ministério da Justiça determinar o afastamento imediato da atual direção da unidade. A decisão foi tomada pelo titular da pasta,   Ricardo Lewandowski, e o nome foi divulgado nesta quinta-feira (15). 

Segundo o Ministério da Justiça, Carlos Luis Vieira Pires  viajou para Mossoró com o Secretário Nacional de Políticas Penais, André Garcia, e o diretor do Sistema Penitenciário Federal, Marcelo Stona, na tarde de quarta-feira (14).Além do cargo como policial penas federal, Pires também é  coordenador-geral de Classificação e Remoção de Presos, em Brasília, e já foi diretor Penitenciária Federal em Catanduvas (PR), a primeira unidade do Brasil. 

Os dois fugitivos responsáveis  pela primeira fuga de um presídio federal foram identificados como Rogério da Silva Mendonça, de 35 anos, conhecido como “Martelo”, e Deibson Cabral Nascimento, 34 anos, também conhecido como “Tatu” ou “Deisinho”. Ambos são do Acre e estavam na penitenciária de Mossoró desde 27 de setembro de 2023. A suspeita é de que a dupla tenha escalado uma luminária da cela onde estavam e pulado o alambrado para acessar a área externa. O presídio de Mossoró também abriga Fernandinho Beira-Mar, conhecido por sua atuação na facção carioca Comando Vermelho.

Desde o momento da fuga dos presos, orgãos de segurança do Estado e o Governo Federal atuam para encontrar os presos. Confira medidas que foram tomadas por Ricardo Lewandowski: 

1. Determinou a ida do secretário Nacional de Políticas Penais, André Garcia, a Mossoró, acompanhado de uma equipe de seis servidores, para a apuração presencial dos fatos e a tomada das ações cabíveis no âmbito administrativo.

2. Acionou a Direção-Geral da Polícia Federal para abertura de investigações e o deslocamento de uma equipe de peritos ao local, com objetivo de apurar responsabilidades e de atuar na recaptura dos dois fugitivos, ação que já conta com o engajamento de mais de 100 agentes federais.

3. Ordenou a mobilização das Forças Integradas de Combate ao Crime Organizado (Ficco), que congregam as polícias federais e estaduais nas ações de repressão da criminalidade organizada, para colaborarem com os esforços de localização e prisão dos foragidos.

4. Instruiu a Polícia Federal (PF) para que efetuasse o registro dos nomes dos fugitivos no Sistema de Difusão Laranja da Interpol, bem como a sua inclusão no Sistema de Proteção de Fronteiras, para que sejam procurados pela comunidade policial internacional;

5. Mobilizou a Polícia Rodoviária Federal (PRF) para que realize o monitoramento das rodovias sob sua jurisdição e dê suporte à recaptura dos presos.

6. Mandou que fosse realizada uma imediata e abrangente revisão de todos os equipamentos e protocolos de segurança nas cinco penitenciárias federais.


Com informações Tribuna do Norte 


RIO DE JANEIRO MONITORA POSSÍVEL CHEGADA DE FUGITIVOS DE MOSSORÓ

REDAÇÃO ITAJÁ TV

Autoridades de segurança do Rio de Janeiro monitoram uma possível chegada ao estado dos dois fugitivos do presídio federal de segurança máxima de Mossoró, no Rio Grande do Norte. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (15) pelo governador Cláudio Castro. “A gente está acompanhando sim”, afirmou o chefe do executivo fluminense.

O secretário estadual da Polícia Militar, coronel Luiz Henrique Marinho Pires, acrescentou que o monitoramento envolve outras unidades da federação.

“A partir do momento em que aconteceu o fato, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária [Seap] foi avisada, entrou em contato com a Polícia Militar. Nós também já tínhamos feito contato com as polícias de outros estados. Então, a gente está em um processo de monitoramento, já está envolvida também a inteligência da Polícia Civil”, descreveu o secretário.

Fuga
A fuga dos detentos Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento, tornada pública na quarta-feira (14), é a primeira registrada no sistema penitenciário federal, coordenado pela Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), do Ministério da Justiça e Segurança Pública. A unidade de Mossoró fica a 280 quilômetros a oeste da capital do Rio Grande do Norte, Natal.

Nesta quinta-feira, o Ministério da Justiça e Segurança Pública nomeou o ex-diretor da Penitenciária Federal em Catanduvas, Paraná, Carlos Luis Vieira Pires como interventor no presídio de Mossoró.

Ele substitui Humberto Gleydson Fontinele Alencar, afastado do cargo após a fuga. Além de determinar o afastamento, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, determinou a revisão de protocolos de segurança nas cinco penitenciárias federais do país: Catanduvas, Campo Grande, Mossoró, Porto Velho e Brasília.

Buscas
A Polícia Federal (PF) instaurou inquérito para apurar as circunstâncias e responsabilidades pela fuga. Policiais federais e rodoviários federais participam das buscas, com o auxílio de policiais militares do Rio Grande do Norte. A vigilância foi reforçada nas divisas do Rio Grande do Norte com a Paraíba e com o Ceará.

A Interpol também foi acionada e incluiu informações pessoais dos fugitivos no Sistema de Difusão Laranja e no Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron).

Agência Brasil


MOSSORÓ: ''É PROVÁVEL QUE PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA TENHA FALHADO'', DIZ SECRETÁRIO

REDAÇÃO ITAJÁ TV

O secretário nacional de Políticas Penais, André Garcia, concedeu entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (15) para falar sobre a primeira fuga de um presídio federal do Brasil, que ocorreu na madrugada da quarta-feira (14), na penitenciária de Mossoró. De acordo com o secretário, “é muito provável que os procedimentos de segurança não foram empregados como deveriam ser”. O auxiliar do ministro Ricardo Lewandowski, porém, não deu detalhes sobre a fuga e ações de recaptura.

Durante a entrevista coletiva, André Garcia disse que o foco do Ministério da Justiça é a recaptura dos presos e garantir que uma nova fuga não volte a ocorrer. “Esse fato não vai se repetir. Podemos garantir isso à população brasileira”.

O secretário foi evasivo nas respostas sobre possível facilitação da fuga ou falha nos procedimentos. André Garcia enfatizou que todas as ações estão sendo empregadas para recapturar os presos, mas não respondeu se já há pistas sobre o paradeiro dos foragidos. Ele afirmou que, apesar de serem considerados perigosos, “não são lideranças que possam impactar na criminalidade local do estado” porque “eles não são daqui e a preocupação deles ainda é se evadir”.

Questionado sobre a possibilidade de afastamento de agentes penais, o secretário não respondeu diretamente, mas informou que o presídio continuava necessitando do trabalho dos profissionais e não poderia “agir assodadamente e, de certa forma, atentar ou comprometer a segurança da unidade”. Temos um sistema funcionando, a unidade funcionando, a primeira medida feita foi trazer um profissional experimentado para ele tomar todas as medidas necessárias”, explicou.

Por outro lado, o secretário disse que a falha que ocorreu, seja intencional ou por “relaxamento”, será apurada e punida. “Nenhuma das possibilidades estão descartadas. Relaxamento, facilitação, seja lá o que a investigação aponte. Não posso citar nada porque seria leviano de nossa parte. Se forem individualizadas condutas, ninguém vai deixar de agir. Por enquanto, estamos trabalhando para manter a segurança da unidade”, disse o secretário.

A expectativa é que a perícia sobre a fuga seja finalizada na sexta-feira e, somente após a finalização, o Ministério da Justiça poderá entender e confirmar como ocorreu a fuga. “A dinâmica do fato em si será precisa após a conclusão da perícia. Temos uma noção do que aconteceu, mas tem que ser confirmado de maneira técnica para ser segura. Mais detalhes sobre isso não poderemos repassar nesse momento”, explicou, afirmando ainda que espera a recaptura dos presos “nos próximos dias ou nas próximas horas”.



 

 


APÓS FUGA DE DETENTOS NO RN, MJ SUSPENDE BANHOS DE SOL E VISITAS EM PRESÍDIOS FEDERAIS

REDAÇÃO ITAJÁ TV

O Ministério da Justiça e da Segurança Pública publicou uma portaria, nesta quinta-feira (14) que suspende a concessão de banhos de sol e visitas nos cinco presídios federais. A portaria, referente a uma medida tomada após a fuga de dois detentos do presídio federal de Mossoró na última quarta-feira (14), suspende também a visita de advogados e a realização de atividades de assistência educacional.

O documento foi assinado ainda na quarta-feira, pelo diretor substituto do Sistema Penitenciário Federal, José Gomes Vaz. Também foi estabelecido, por meio da portaria, a limitação de acesso a dependências da penitenciária. Diretores dos presídios estão autorizados a tomarem as medidas que acreditarem ser cabíveis.

Atualmente, existem presídios sob a administração federal nas cidades de Mossoró (RN), Catanduvas (PR), Campo Grande (MS), Porto Velho (RO) e Brasília (DF).

Relembre o caso

Dois detentos ligados à facção carioca Comando Vermelho fugiram da Penitenciária Federal de Mossoró. Foi a primeira fuga registrada no sistema penitenciário federal. A ausência da dupla, que veio do Acre para o RN, foi sentida na quarta-feira de cinzas. A Polícia Federal e forças de segurança do Rio Grande do Norte e Ceará promoveram buscas durante todo o dia, sem sucesso. As divisas estaduais foram reforçadas e o secretário nacional de Políticas Penais, André Garcia, veio ao Estado para articular ações.

Os dois fugitivos foram identificados como Rogério da Silva Mendonça, de 35 anos, conhecido como “Martelo”, e Deibson Cabral Nascimento, 34 anos, também conhecido como “Tatu” ou “Deisinho”. Ambos são do Acre e estavam na penitenciária de Mossoró desde 27 de setembro de 2023.

A suspeita é de que a dupla tenha escalado uma luminária da cela onde estavam e pulado o alambrado para acessar a área externa. O presídio de Mossoró também abriga Fernandinho Beira-Mar, conhecido por sua atuação na facção carioca Comando Vermelho.


Tribuna do Norte 


EQUIPES DE RECAPTURA CERCAM COMUNIDADE RANCHO DA CAÇA EM MOSSORÓ APÓS CONFIRMAÇÃO DE ARROMBAMENTO A CASAS

REDAÇÃO ITAJÁ TV


 
As equipes de buscas aos fugitivos do presídio federal de Mossoró, cuja fuga ocorreu na madrugada de quarta feira (14), cercaram nesta manhã de quinta feira a Comunidade de Rancho da caça, após informações chegadas à Central de Comando da PM sobre arrombamentos a casa durante a madrugada naquela localidade.

Moradores informaram que os criminosos, supostamente os fugitivos levaram roupas e comidas. As buscas naquela região estão acontecendo tanto no ar, pelos helicopteros da PRF e SESED, quanto por terra, onde cães farejadores estão sendo usados.


Com informação Fim da linha 

DETENTOS QUE PLANEJAVAM FUGA DE PRESÍDIO ESTAVAM FARDADOS E JANTARAM ANTES DA SAÍDA

REDAÇÃO ITAJÁ TV

Os dois presos que fugiram nesta quarta-feira (14) da Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, usavam o uniforme azul da unidade e chegaram a jantar normalmente antes de escapar do presídio de segurança máxima.

As informações são do portal Uol. Os fugitivos Deibson Cabral Nascimento e Rogério da Silva Mendonça conseguiram sair do presídio por um alambrado em uma área em obra com gradil por volta das 3h30 de hoje.

Segundo a publicação, a fuga ocorreu perto dos espaços destinados ao banho de sol e às celas dos presos. Os agentes penitenciários perceberam a ausência dos fugitivos cerca de duas horas depois, ao realizarem a contagem de detentos antes do café da manhã, por volta das 5h30.

A PM foi acionada às 8h. As celas da Penitenciária Federal de Mossoró foram isoladas para perícia. O governo estadual utiliza aeronaves para auxiliar na busca pelos detentos. Além de acionar a Polícia Federal (PF), o Ministério da Justiça e Segurança Pública pediu o apoio das secretarias da Segurança Pública e da Defesa Social e de Administração Penitenciária do Rio Grande do Norte para localizar os fugitivos.

Esta é primeira fuga registrada na história do sistema penitenciário federal, que conta com cinco unidades de segurança máxima em todo o país. O presídio federal de Mossoró é o único do Nordeste e uma das cinco unidades prisionais federais do país. O local possui 13 mil metros quadrados e abriga mais de 200 detentos. (Portal Uol)

CARNAVAL E QUARTA-FEIRA DE CINZAS TEM REGISTRO DE CHUVAS FORTE NO MUNICÍPIO DE ITAJÁ

REDAÇÃO ITAJÁ TV

O carnaval 2024 teve um bom registro de muita chuva considerada forte no município de Itajá.

Confira os pluviometros dos bairros:

O pluviometro do maracajá registrou cerca de 72 milimetros de chuvas na quarta-feira de cinzas.

Já o pluviometro do bairro Iguaraçu, registrou cerca de 70 milimetros uma chuva forte para aqueles foliões que se despediu do carnaval e brincou de baixo de chuva.

Já o pluviometro do bairro São Manoel Registrou por dois dias na quarta-feira de cinzas dia 14/02 registrou cerca de 16 milimetros e no dia 15/02 registrou 50 milimetros informação repassada pela EMPARN.