PESQUISA ESTE SITE

Total de visualizações de página

PESSOAS ONLINE



15 junho 2024

FÁTIMA BEZERRA SANCIONA A LEI QUE ESTABELECE EDUCAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL NO RN

REDAÇÃO ITAJÁ TV

“Com a sanção desta lei, reafirmamos nosso compromisso com a educação de qualidade e com a formação integral dos nossos jovens”, afirmou a governadora Fátima Bezerra (PT), ao sancionar a Lei 11.804/2024, que estabelece a Política de Educação em Tempo Integral na rede pública estadual de ensino. Proposta pelo Governo do RN, a legislação foi aprovada por unanimidade pela Assembleia Legislativa do Estado no último dia 6 de junho.


“A educação em tempo integral é uma estratégia fundamental para garantir melhores oportunidades para nossos estudantes e para promover a equidade e a justiça social no Rio Grande do Norte. Estamos determinados a investir cada vez mais na educação, pois acreditamos que ela é o caminho para o desenvolvimento e a transformação social”, afirmou Fátima.

Segundo o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Francisco do PT, a proposta tem o objetivo de reduzir a evasão escolar no Estado e integra uma política educacional em âmbito federal, além de promover a aprendizagem contínua na rede estadual, demonstrando o comprometimento gradual e sistêmico da gestão com a melhoria dos índices educacionais.

“Dar as condições para que esse tipo de ensino possa acontecer é fundamental para que possamos entregar aos nossos jovens educação de qualidade, que ofereça muito mais do que o ensino regular. Portanto, fico muito feliz com essa aprovação no dia de hoje”, disse o parlamentar, destacando que o projeto tramitou em tempo normal em todas as comissões temáticas da Casa, “sem receber nenhuma emenda”.

O ensino em tempo integral é caracterizado por uma “estrutura de funcionamento de uma escola que tem uma jornada escolar ampliada de, no mínimo sete horas e o máximo de nove horas”. No caso específico do ensino médio, a proposta determina que ele deve ter dimensão politécnica, promovendo ciência, tecnologia, trabalho e cultura, efetivando assim a ideia de ensino médio integrado.

No modelo de ensino em tempo integral, os estudantes permanecem na escola por, no mínimo, sete horas diárias, buscando garantir um maior tempo de dedicação aos estudos e atividades complementares. As vagas para esta modalidade fazem parte de uma cooperação entre estados, municípios e o governo federal, dentro do Programa Escola em Tempo Integral, lançado pelo governo federal em setembro de 2023.

Meta do MEC é Educação em Tempo Integral para 3,2 milhões de alunos
A meta estabelecida pelo Ministério da Educação (MEC) é alcançar 3,2 milhões de matrículas em tempo integral no país até 2026. Para atingir este objetivo, o programa oferece assistência técnica e financeira necessária para a criação das vagas.

Além disso, o programa é estruturado em cinco eixos estratégicos: Ampliar, Formar, Fomentar, Entrelaçar e Acompanhar, que visam garantir a qualidade e a equidade na oferta de educação em tempo integral. Este projeto está alinhado com a Meta 6 do Plano Nacional de Educação (PNE), que planeja o setor educacional brasileiro para o período de 2014-2024.




PSOL/RN CONVOCA PROTESTO CONTRA A CRIMINALIZAÇÃO DO ABORTO

REDAÇÃO ITAJÁ TV

O PSOL convocou um protesto para este sábado 15, em Natal, contra o polêmico projeto de lei sobre o aborto. Em uma publicação nas redes sociais, o partido afirma que a manifestação vai ocorrer a partir das 14h em frente ao shopping Midway Mall.

Nesta quinta-feira 13, atos convocados pela Frente Nacional Contra a Criminalização das Mulheres e Pela Legalização do Aborto levaram manifestantes às ruas. Foram usadas expressões como “não ao PL do estupro” e “criança não é mãe”, em referência ao impacto de uma eventual restrição ao acesso ao aborto em casos de crianças.

No Rio de Janeiro, centenas de pessoas se reuniram na Cinelândia, no Centro. Em São Paulo, a manifestação se concentrou em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp), na Avenida Paulista, e ainda foram registrados protestos contra Lira. Também foram organizados atos em cidades como Brasília, Manaus, Recife, Florianópolis e Niterói (RJ).


POLICIAL PENAL DO RN É PRESO APÓS BATER EM CARROS E ATIRAR CONTRA INOCENTES

REDAÇÃO ITAJÁ TV

Um policial penal de 37 anos do Rio Grande do Norte, identificado como Juan Diego Silva Soares, foi preso nesta sexta-feira 14 após se envolver em uma grande confusão em Pernambuco. Segundo a CBN Recife, tudo começou com uma discussão durante uma festa realizada no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda.

Ao fugir do local dirigindo, por volta das 5h30 desta sexta-feira 14, como indicam as câmeras de segurança do local, o homem quebrou a cancela do estacionamento da casa de festas. Ao longo do seu trajeto pela BR 101, em direção à Zona Norte do Recife, o policial atirou em pessoas inocentes e bateu em uma moto, dois carros (um deles conduzido por um policial militar) e, por último, em uma ambulância da UPA.

Nesse momento, o carro quebrou e, de acordo com testemunhas, o suspeito saiu do veículo com a arma em punho. Populares que presenciaram a cena perceberam que o policial penal já não tinha mais munição e conseguiram rendê-lo. Na ocasião, a arma do suspeito foi extraviada. Ao realizar o teste do bafômetro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) identificou que o homem estava sob efeito de álcool.

O motociclista atingido é um policial militar, que ficou ferido e precisou ser socorrido. Em nota, a Polícia Civil de Pernambuco informou que a ocorrência “vitimou cinco pessoas, todas entre 30 e 43 anos”, duas delas foram atingidas por disparo de arma de fogo. Os veículos, incluindo a ambulância, e o trajeto de fuga do suspeito foram periciados e um inquérito foi instaurado.

Já a Secretaria de Administração Penitenciária do Rio Grande do Norte (Seap-RN) informou que enviou uma equipe a Pernambuco para apurar o que aconteceu e tomar providências. O policial penal foi levado para um pronto-socorro e depois encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde foi preso em flagrante pelos crimes de roubo de veículo, tentativa de homicídio e lesão corporal de trânsito.


AGORA RN